INVASÃO

Carro usado por mulheres em furto a prédio de luxo de Bauru é identificado pela polícia

Segundo a Polícia Civil, duas pessoas aguardavam, dentro de um veículo estacionado na rua, o término da ação criminosa

Por Larissa Bastos e Lilian Grasiela | 19/02/2024 | Tempo de leitura: 2 min

Reprodução

Invasão da dupla foi registrada por câmeras de segurança do apartamento
Invasão da dupla foi registrada por câmeras de segurança do apartamento

A Polícia Civil de Bauru identificou, nesta segunda-feira (19), o carro que teria sido usado na fuga do grupo autor do furto de um apartamento em um prédio de luxo na Zona Sul da cidade, registrado na madrugada do último domingo (18).

Conforme o JC/JCNET divulgou, duas mulheres entraram no Condomínio Marselha por volta das 0h20 e arrombaram a porta de um dos imóveis. No entanto, a dupla deixou o local levando apenas uma tesoura e uma faca, usada para ameaçar uma vizinha, após fazer buscas na cozinha, não achar nada de valor, e constatar que a porta que dava acesso aos quartos e sala estava trancada.

A invasão ao apartamento onde mora um empresário foi registrada por câmeras de segurança tanto do prédio quanto do imóvel invadido. Para entrar no condomínio, as mulheres, que haviam chegado de táxi, se passaram por moradoras, inclusive informando nome, e tiveram o acesso liberado na portaria.

De acordo com o delegado Alexandre Protopsaltis, coordenador do Setor de Investigações Gerais (SIG) da Central de Polícia Judiciária (CPJ) que investiga o caso, já foi apurado que dois comparsas das mulheres aguardavam o término da ação criminosa dentro de um carro, estacionado na rua Virgílio Malta. O veículo, que teria sido usado pelo grupo na fuga, já foi identificado.

OCORRÊNCIA

Segundo o registro policial, uma equipe da PM em patrulhamento foi acionada, inicialmente, para atender uma ocorrência de roubo. Porém, quando os policiais chegaram no endereço, depararam-se com a porta da entrada de serviço arrombada. Já a porta que dá acesso aos demais cômodos estava trancada.

Com autorização de um responsável, a equipe arrombou essa porta e encontrou o morador deitado na cama e uma profissional de saúde contratada por ele escondida na sacada do quarto. Ela teria avisado sua chefe sobre a invasão, mas, depois, não atendeu mais ligações, o que a levou a acionar a polícia.

Ao analisar as imagens das câmeras, a PM descobriu que duas mulheres jovens haviam entrado no imóvel depois de chutar a porta. Elas usavam luvas para não deixarem digitais e, de acordo com registro policial, saíram após descobrirem que havia mais portas e que elas estavas trancadas.

Antes, furtaram da cozinha uma tesoura e uma faca. O objeto foi usado pela dupla para ameaçar uma moradora durante a fuga. Na sequência, elas pularam a grade que separa o apartamento da rua e correram em direção ao Centro. O local foi periciado e o caso é investigado pela Polícia Civil.

Fale com o GCN/Sampi! Tem alguma sugestão de pauta ou quer apontar uma correção?
Clique aqui e fale com nossos repórteres.

Receba as notícias mais relevantes de Franca e região direto no seu WhatsApp
Participe da Comunidade

1 COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.

  • luis roberto romero
    20/02/2024
    Então faça uso da desprezada lei se não elas voltam e repetem a façanha. E não se esqueçam das motos barulhentas, coloquem no pacote também. Se é que vão fazer alguma coisa,