DEU RUIM

Ladrão furta carro em porta de igreja e, na fuga, bate em barranco e em viatura da PM

Policiais militares fizeram a perseguição que resultou na prisão por furto de veículo e porte ilegal de arma de fogo, em Cristais Paulista; preso diz que tem dívida com o PCC.

10/02/2024 | Tempo de leitura: 2 min
da Redação

Arquivo/GCN

Homem foi levado para a CPJ, onde o delegado de plantão confirmou a prisão
Homem foi levado para a CPJ, onde o delegado de plantão confirmou a prisão

Uma perseguição feita pela Polícia Militar, na noite dessa sexta-feira, 9, resultou na prisão de um homem por furto de veículo e porte ilegal de arma de fogo. Ele furtou o carro que estava estacionado na porta de uma igreja, entrou na contramão na Vila São Sebastião, em Franca, foi perseguido pelos policiais até Cristais Paulista, onde bateu em um barranco e na viatura da PM, sendo preso. Alegou que venderia o carro furtado para quitar uma dívida com o PCC.

De acordo com informações fornecidas pelos policiais militares, que estavam em patrulhamento ostensivo pela avenida Major Moura Matos, na altura da ponte da Vila São Sebastião, eles avistaram um veículo VW Gol GL 1.8 MI realizar uma conversão proibida para adentrar na rodovia Cândido Portinari, no sentido a Cristais.

Ao tentar abordar o veículo por infração de trânsito, o condutor empreendeu fuga em direção à cidade vizinha. Durante o acompanhamento, os militares constataram que não havia nenhum gravame pendente sobre o veículo, mas o condutor persistiu na fuga, desrespeitando os sinais de parada.

Já na cidade de Cristais, o condutor tentou adentrar em uma via que dá acesso à Cocapec, colidindo o veículo contra um barranco, ao final da via. Na tentativa de retornar, colidiu contra uma viatura da PM que acompanhava o cerco.

Após ordem para que descesse do veículo, o motorista arremessou duas munições de arma de fogo. Em revista pessoal, foram encontradas três munições calibre 22 e uma calibre 38, além de mais duas munições calibre 22 no interior do veículo.

O condutor informou aos policiais que devia à facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital) e que o veículo seria vendido para quitar sua dívida.

Os PMs encontraram uma peça de roupa dentro do carro, que continha um número de telefone. Eles entraram em contato, e a vítima confirmou o furto. O suspeito, então, foi preso em flagrante delito e conduzido à CPJ (Central de Polícia Judiciária) de Franca para os procedimentos cabíveis. A vítima recuperou seu veículo no local.

Após análise dos fatos, o delegado de plantão ratificou a voz de prisão e determinou a elaboração do Auto de Prisão em Flagrante Delito (APFD) pelos crimes de furto de veículo e porte ilegal de arma de fogo de uso permitido. O autuado foi encaminhado à Penitenciária de Franca, para ficar à disposição da Justiça.

O local do acidente, por envolver a viatura policial, passou por exame pericial realizado pelo IC (Instituto de Criminalística) do Estado de São Paulo.

Fale com o GCN/Sampi! Tem alguma sugestão de pauta ou quer apontar uma correção?
Clique aqui e fale com nossos repórteres.

Receba as notícias mais relevantes de Franca e região direto no seu WhatsApp
Participe da Comunidade

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.