Fotos do ‘Comércio’ são destaques em jornais nacionais

Fotos do Comércio da Franca estamparam ontem as páginas dos principais jornais de circulação nacional.

10/08/2006 | Tempo de leitura: 2 min

Os fotógrafos do Comércio Silva Júnior (à esquerda) e Tiago Brandão (à dir.) já tiveram suas fotos publicadas nos principais jornais do País, como Estadão e Folha
Os fotógrafos do Comércio Silva Júnior (à esquerda) e Tiago Brandão (à dir.) já tiveram suas fotos publicadas nos principais jornais do País, como Estadão e Folha
Fotos do Comércio da Franca estamparam ontem as páginas dos principais jornais de circulação nacional. Após os ataques perpetrados em Franca pela facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital), a cobertura fotojornalística do jornal que todo mundo lê chamou a atenção dos diários, que compraram as imagens locais. O momento em que o ônibus da empresa de transporte coletivo São José era consumido pelo fogo, segunda-feira, foi capa dos jornais Agora São Paulo e O Estado de S. Paulo desta quarta-feira, além de circular nas páginas internas destes veículos e estampar o assunto principal do caderno Folha Ribeirão, com circulação regional. Não é a primeira vez que imagens produzidas por profissionais do Comércio se tornam destaque de outros meios de comunicação do País. O próprio fotógrafo Tiago Brandão, autor das imagens de segunda-feira, já teve seus trabalhos publicados inúmeras vezes em outros diários. Só para lembrar as mais recentes, Tiago cita o registro da invasão de integrantes do MLST (Movimento para a Libertação dos Sem-Terra) à fazenda da Samello, no município de Cristais Paulista, em maio deste ano. A imagem contra a luz de um sem-terra carregando uma enxada no local foi publicado no caderno Cidades do Estadão, no dia 7 de maio. No dia 28 de julho, outra fotografia, desta vez do garoto Jeck Brener, que vive em estado semi-vegetativo com a mãe e no ano passado esteve em evidência na mídia após seu pai pedir sua eutanásia. Além de Tiago Brandão, que também é Editor de Fotografia do Comércio, os fotógrafos Divaldo Moreira, Silva Júnior, Fernando Nonato e Duzzek Alves também tiveram trabalhos divulgados em outros jornais. Em maio, após a primeira onda de ataques do PCC em todo o Estado de São Paulo, Divaldo Moreira registrou o momento de uma revista dos presos da Cadeia do Jardim Guanabara. A fotografia estampou a capa das edições nacional e São Paulo/Brasília da Folha de S.Paulo do dia 18 de maio de 2006. No segundo ataque, em julho, um ônibus queimado na Vila São Sebastião foi escolhido para o caderno Cotidiano, também da Folha. Além destes jornais, as imagens dos fotógrafos do Comércio também já estiveram ao longo dos anos na revista Época e no Diário de São Paulo, entre outros órgãos da imprensa. As imagens de hoje estampadas nos principais jornais do País puderam ser vistas em diversas partes do mundo. Em viagem a negócios, o diretor-responsável do Comércio da Franca, Corrêa Neves Jr., ficou emocionado com as referências conferidas nos créditos das fotos. “Fiquei surpreso - e muito feliz - ao ser surpreendido com a foto do Tiago (Brandão) na capa do Estadão. Uma beleza. Forte, impactante, triste pelos acontecimentos que envolve. Saiu de Franca, do Comércio, a imagem que estampa a capa de um dos mais importantes jornais do mundo, com mais de 100 anos de história e grande tradição de seriedade. Parabéns”, disse Corrêa Neves Jr..

Fale com o GCN/Sampi! Tem alguma sugestão de pauta ou quer apontar uma correção?
Clique aqui e fale com nossos repórteres.

Receba as notícias mais relevantes de Franca e região direto no seu WhatsApp
Participe da Comunidade

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.