Lojistas apostam em aumento de 30% nas vendas

As vendas para o Dia dos Pais, a ser comemorado no domingo, 13 de agosto, já movimentam as ruas e lojas de Franca.

04/08/2006 | Tempo de leitura: 2 min

Para atrair o consumidor, lojistas investem em promoções, facilidades no pagamento e sorteios de prêmios. Acif sorteará cinco computadores, cinco bicicletas e uma moto
Para atrair o consumidor, lojistas investem em promoções, facilidades no pagamento e sorteios de prêmios. Acif sorteará cinco computadores, cinco bicicletas e uma moto
As vendas para o Dia dos Pais, a ser comemorado no domingo, 13 de agosto, já movimentam as ruas e lojas de Franca. Com a promessa de ter um desempenho melhor do que o do ano passado, os representantes do varejo trabalham na expectativa de que as vendas cresçam até 30% nas próximas duas semanas. Jayme Barbosa, presidente da Acif (Associação do Comércio e Indústria de Franca), está otimista. Para ele, os lojistas serão beneficiados com a recuperação econômica que o País tem apresentado. “O endividamento está menor e, pelas pesquisas que realizamos, o consumidor está com mais dinheiro no bolso, pois já pagou todas as contas contraídas em 2005”, disse. Segundo ele, o movimento registrado em torno do Dia dos Pais vem crescendo ano a ano. “Em breve, esta data ganhará importância semelhante ao Dia das Mães”. Roupas, calçados, cosméticos, fitness e produtos de aventura e lazer são os principais alvos dos filhos na hora da escolha do presente, por isso as lojas destes setores investiram nos estoques e nas promoções para fisgar os clientes (veja matéria nesta página). No Shopping do Calçado, os 60 lojistas esperam um grande fluxo de clientes, principalmente vindos da região. “Estamos com a campanha Super Sapato Super Pai, que valoriza o calçado e também o pai, e como o produto é de fácil acesso, esperamos vender até 20% mais”, adiantou Alexandre Tabah, diretor de marketing do empreendimento. No Franca Shopping, a loja NR Botti, especializada em roupas masculinas, também tem boas expectativas e acredita nas vendas agregadas. “A pessoa compra uma camisa ou uma calça e sempre acaba levando uma meia, um cinto ou cueca”, destacou o vendedor Caio César Garcia. Na J. Mahfuz, o gerente Fernando Henrique de Souza espera crescimento de 30% em comparação a agosto do ano passado. “Começamos com o mês aquecido. Aposto nas vendas de eletroeletrônicos, em especial áudio e vídeo”. Aposta semelhante faz Mathias Taveira, gerente da loja matriz do Magazine Luiza. “Máquinas digitais, celulares e aparelhos de barbear vendem bastante, pois são presentes significativos”.

Fale com o GCN/Sampi! Tem alguma sugestão de pauta ou quer apontar uma correção?
Clique aqui e fale com nossos repórteres.

Receba as notícias mais relevantes de Franca e região direto no seu WhatsApp
Participe da Comunidade

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.