Deixou saudade

Durante os últimos dez dias, Franca esteve com os holofotes voltados para a 37ª Expoagro. Nomes como Edson & Hudson, Kid Abelha, Emílio & Eduardo, Bruno Nunes, Gino & Ge

06/06/2006 | Tempo de leitura: 2 min

MULTIDÃO - Público de 17 mil pessoas assistiu ao show da Banda Calypso no último de Expoagro
MULTIDÃO - Público de 17 mil pessoas assistiu ao show da Banda Calypso no último de Expoagro
Durante os últimos dez dias, Franca esteve com os holofotes voltados para a 37ª Expoagro (Exposição Agropecuária). Nomes como Edson & Hudson, Kid Abelha, Emílio & Eduardo, Bruno Nunes, Gino & Geno, O Rappa, Zé Ramalho, Inimigos da HP e Calypso passaram pelo Parque de Exposições “Fernando Costa” e atraíram um público de cerca de 70 mil pessoas. O balanço oficial da feira será apresentado no final desta semana, mas, pela avaliação da Prefeitura de Franca, essa foi a melhor em dez anos. Segundo o secretário de Governo, Odair Tristão, o mérito é dos produtores rurais e da Divisão de Agronegócios. “Primeiro os produtores rurais do Paiolzinho acertaram na empresa que contrataram, além disso, a Divisão de Agronegócios, sob coordenação do Heitor Lima, conduziu com proeza a parte técnica”. Para ele, a festa agitou a cidade e trouxe arrecadação para o setor comercial e a prefeitura, através do recolhimento dos impostos. “Estamos satisfeitos com o resultado e a tendência é de que em 2007 seja ainda melhor”, disse Tristão. Reforçada em segurança, a Expoagro não registrou incidentes graves. Apenas nos primeiros dias, aposentados e deficientes físicos tiveram o acesso gratuito negado, problema que foi resolvido após coletiva com a imprensa. Com casa lotada todos os dias, no show de pagode da turma dos Inimigos da HP o público ultrapassou a 22 mil pessoas, comerciantes faturaram e a Aeaf (Associação das Entidades Assistenciais de Franca) superou em 60% a arrecadação com estacionamento em relação ao ano passado. “Estamos fechando as contas, mas cada uma das 27 entidades receberá, em média, cerca de R$ 1.300”, disse o presidente da Aeaf, Fernando de Oliveira Campos. Os sertanejos Edson & Hudson também fizeram sucesso com os francanos e ficaram com a segunda melhor média de público (19 mil), seguidos do fenômeno do Belém do Pará, a Banda Calypso (17 mil), e do eletrizante som pop e reggae de O Rappa (15 mil). “Financeiramente faltam alguns pagamentos, mas em nível de imagem o resultado é excelente. Conseguimos reacender a feira e trazer novamente o pecuarista e a família de Franca e região para a feira”, disse Roberto Mangueira, da LM Produções, empresa organizadora da festa. “Geramos cerca de 700 empregos e tivemos sucesso graças ao nosso profissionalismo e ao trabalho em equipe”. Mangueira, se retornar em 2007 para comandar a 38ª edição da Expoagro, promete trazer quatro shows sertanejos concorridos, um pop rock e uma atração baiana. “Se fosse hoje traria o Babado Novo”, disse ele. Além da parte artística, o evento teve exposições e julgamentos de animais, entre elas a Expocães, provas hípicas e um leilão virtual de embriões que movimentou cerca de R$ 1 milhão. Ao todo foram expostos na feira cerca de 1.500 animais entre bovinos, ovinos, eqüinos e caprinos.

Fale com o GCN/Sampi! Tem alguma sugestão de pauta ou quer apontar uma correção?
Clique aqui e fale com nossos repórteres.

Quer receber as notícias mais relevantes de Franca e região direto no seu WhatsApp? Faça parte da comunidade GCN/Sampi e fique sabendo de tudo em tempo real. É totalmente gratuito! Abra o QR Code.

Participe da Comunidade

Quer receber as notícias mais relevantes de Franca e região direto no seu WhatsApp? Faça parte da comunidade GCN/Sampi e fique sabendo de tudo em tempo real. É totalmente gratuito!

Participe da Comunidade

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.