Moradores da Raycos se livram dos buracos

Enfim, os buracos da Rua Corifeu de Azevedo Marques, na Vila Raycos, foram tapados.

10/05/2006 | Tempo de leitura: 2 min

Após três anos de protestos, moradores da Rua Corifeu de Azevedo Marques tiveram o problema resolvido
Após três anos de protestos, moradores da Rua Corifeu de Azevedo Marques tiveram o problema resolvido
Enfim, os buracos da Rua Corifeu de Azevedo Marques, na Vila Raycos, foram tapados. Isso, depois de os moradores baterem de frente com o prefeito Sidnei Rocha (PSDB) e promoverem o irreverente protesto da “festa da banana”, quando milhares de bananas foram distribuídas em “homenagem” ao tucano (leia texto nesta página). A vizinhança comemorou muito a resolução do problema, que já se arrastava havia três anos. Desta vez, as equipes e máquinas da Emdef (Empresa Municipal para o Desenvolvimento de Franca) trabalharam firmes na via. Não desviaram o trajeto, como aconteceu há cerca de três meses, quando a “Tapa-buracos” fez os remendos até a esquina, no cruzamento com a Rua Simpliciano Pombo, e depois mudou o percurso. De lá para cá, a Emdef não voltou à rua e sequer respondeu aos apelos da população. Ontem, os moradores vistoriavam o serviço atentamente. “Desde o início eu acompanhei cada pedrinha que foi colocada. Todos sofremos muito com a buraqueira e o conserto é um grande ganho para todo o bairro”, disse o aposentado Geraldo Aparecido Dias. Outro morador que ficou feliz com o fim das crateras foi o corretor José Carlos da Silva, 43. Logo que as máquinas chegaram, ele entrou em contato com a reportagem do Comércio. “Valeu a pena protestarmos. Nossa rua agora ficou boa, voltou a ser transitável”, disse se referindo à matéria publicada pelo jornal que mostrou a indignação dos moradores do local. Até os motoristas dos ônibus que circulam pela Corifeu aprovaram a execução dos serviços. Um deles, que pediu para não ser identificado, diz que a cada vez que passava pela rua tinha de fazer “malabarismos” com o veículo. “Tinha de ir desviando da buraqueira. Mas era complicado, você saía de um e já estava dentro de outro. Agora, está dando gosto circular por aqui”, disse. Geraldo Dias fez questão de agradecer ao prefeito pela atenção e disse que Sidnei Rocha foi “humilde” ao atender a população. “Mesmo que ele tenha ficado irritado com nosso protesto, depois refletiu e viu que estávamos com a razão. Era um desrespeito à cidade uma rua com as condições que a nossa estava”, disse. E brincou: “Agora acho que o Sidnei não vai esquecer mais da gente. Gostaria até de convidá-lo para tomar um café em minha casa para batermos um papo. Seria uma honra para os moradores da Vila Raycos”.

Fale com o GCN/Sampi! Tem alguma sugestão de pauta ou quer apontar uma correção?
Clique aqui e fale com nossos repórteres.

Quer receber as notícias mais relevantes de Franca e região direto no seu WhatsApp? Faça parte da comunidade GCN/Sampi e fique sabendo de tudo em tempo real. É totalmente gratuito! Abra o QR Code.

Participe da Comunidade

Quer receber as notícias mais relevantes de Franca e região direto no seu WhatsApp? Faça parte da comunidade GCN/Sampi e fique sabendo de tudo em tempo real. É totalmente gratuito!

Participe da Comunidade

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.