Roupas, sapatos e frutas anunciam o outono

O verão saiu de cena no calendário e a partir de agora abre espaço para o outono, que no Brasil chega de mansinho com folhas secas, árvores não tão desnudas c

21/03/2006 | Tempo de leitura: 2 min

A vendedora Michele Cristiane, da loja Lorela Fashion, no Shopping do Calçado, prepara a vitrine para o outono: botas e scarpins devem dominar o mostruário
A vendedora Michele Cristiane, da loja Lorela Fashion, no Shopping do Calçado, prepara a vitrine para o outono: botas e scarpins devem dominar o mostruário
O verão saiu de cena no calendário e a partir de agora abre espaço para o outono, que no Brasil chega de mansinho com folhas secas, árvores não tão desnudas como as européias e temperaturas mais amenas. A nova temporada começou ontem, exatamente às 15h26, e já alterou o cenário na cidade. Para acompanhar a mudança do clima, as vitrines das lojas começaram a receber peças de meia-estação. Nas bancadas das feiras e varejões, os consumidores também encontram produtos típicos da época: caqui, mexerica e cajá-manga. O outono prosseguirá até as 9h26 do dia 21 de junho. A tendência é que casacos, boleros, calças, botas e escarpins encham as prateleiras das lojas pelos próximos meses. A Lorela Fashion, no Shopping do Calçado, é uma das que já receberam botas de cano alto e salto plataforma, nas cores da moda: verde militar, bege, marfim, camurça e outras cores neutras, além de casacos de couro. “Pelas próximas semanas, vamos receber outros modelos de botas com bico redondo e fino e salto fino”, disse a vendedora Michele Cristiane. Mercadorias para enfrentar o friozinho característico do outono também são encontradas na Lojas Sândalo, no Centro. São botas, escarpins, casacos e outras peças nas cores berinjela, verde e marrom. “O marrom deve predominar nessa estação. Estamos com muitas roupas bordadas já nas cores da coleção outono-inverno: bronze e ouro”, avisa a gerente da unidade, Isabel da Silva. PREVISÃO A nova estação é intermediária e apresenta características do verão e inverno, com dias quentes e pancadas de chuva no fim da tarde, intercaladas com passagens de frentes frias, combinações que ocasionam queda de temperatura. As previsões do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) mostram que nos primeiros meses as temperaturas deverão ficar entre 18 e 27 graus e, próximo ao inverno, a partir de 21 de junho, cairão mais. A previsão para junho é a de que os termômetros marquem mínima de 13,5 graus e máxima de 23,9 graus. “Faz muitos anos que as médias do outono sofreram variações bruscas em Franca. Em abril de 1966, os termômetros marcaram zero grau em pleno outono, mas em março de 1972, chegaram a 33,4 graus”, disse a meteorologista Luciene Dias.

Fale com o GCN/Sampi! Tem alguma sugestão de pauta ou quer apontar uma correção?
Clique aqui e fale com nossos repórteres.

Quer receber as notícias mais relevantes de Franca e região direto no seu WhatsApp? Faça parte da comunidade GCN/Sampi e fique sabendo de tudo em tempo real. É totalmente gratuito! Abra o QR Code.

Participe da Comunidade

Quer receber as notícias mais relevantes de Franca e região direto no seu WhatsApp? Faça parte da comunidade GCN/Sampi e fique sabendo de tudo em tempo real. É totalmente gratuito!

Participe da Comunidade

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.