Contra-ataques, a arma para vencer

Sem desculpas. A partir deste domingo, sob novo comandante, a Francana atuará com três zagueiros no esquema 3-5-2.

11/03/2006 | Tempo de leitura: 2 min

O técnico Edison Só ‘quebra a cabeça’ para escalar a Francana para a partida diante do SEV/Hortolândia: classificação para a próxima fase ainda está bem distante
O técnico Edison Só ‘quebra a cabeça’ para escalar a Francana para a partida diante do SEV/Hortolândia: classificação para a próxima fase ainda está bem distante
Sem desculpas. A partir deste domingo, sob novo comandante, a Francana atuará com três zagueiros no esquema 3-5-2. Uma estratégia, segundo especialistas, que só se aplica com muito entrosamente, foi implantada em apenas dois coletivos dados por Edison Só, na quinta e na sexta-feira. Só se saberá se ele acertou mesmo após o jogo. Na defesa, a principal atração será a volta de Branco, que se contundiu no primeiro tempo da derrota para o Osvaldo Cruz, há três domingos. Ele faz parte do trio que também tem Ademir, um dos poucos que se salvou do vexame contra o Barretos, e Jones, que funciona mais como um volante que dará o primeiro combate, deixando a sobra para a dupla. Nas alas, Paulo Souza e Marquinhos foram confirmados. Mas há ainda a possibilidade remota de Paulo Souza ser deslocado para o meio-campo, sacando Santos, que foi liberado pelos médicos para jogar neste domingo. Assim, Hudson iria para a direita. Na ala esquerda, Marquinhos está confirmado, mas tem que mostrar serviço para não ser substituído por Tiago, contratado na semana passada junto ao Roma, de Apucarana (PR). No gol, Alex foi confirmado. Havia a possibilidade de Cláudio Cruz voltar para o gol por este ter trabalhado com Vanderlei de Brito, preparador de goleiros do time. Alex, que se tornou titular depois do empate com o São Carlos, ainda na quarta rodada, não transmitiu a confiança necessária à defesa. Tanto que, durante a semana, a diretoria correu atrás da contratação de um goleiro. Para a marcação no meio-campo, o técnico Edison Só conta com a volta do volante Xipote, que cumpriu suspensão automática no vexame contra o Barretos. Fabrício e Rodrigo completam o meio-campo. Já no setor ofensivo Washington Fubá foi mais uma vez deslocado, como já havia ocorrido quando o time era comandado por Souzinha. Ao lado de Fubá, Viola terá a missão de marcar os gols de que o time tanto precisa. E depois de trocar o técnico, finalmente a diretoria da Francana autoriza a viagem do time na véspera da partida. Esta era uma das reivindicações de Souzinha, não atendida nos oito jogos na Série A-3.

Fale com o GCN/Sampi! Tem alguma sugestão de pauta ou quer apontar uma correção?
Clique aqui e fale com nossos repórteres.

Receba as notícias mais relevantes de Franca e região direto no seu WhatsApp
Participe da Comunidade

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.