Ministro da Saúde promete interceder para liberar verbas

A viagem do provedor da Santa Casa de Franca, Onofre de Paula Trajano, a Brasília, ontem, com o intuito de conseguir liberação de verbas frustrou as expectativas de quem esperava

10/03/2006 | Tempo de leitura: 1 min

O provedor da Santa Casa de Franca, Onofre Trajano, está otimista e certo de que terá verba do Ministério da Saúde
O provedor da Santa Casa de Franca, Onofre Trajano, está otimista e certo de que terá verba do Ministério da Saúde
A viagem do provedor da Santa Casa de Franca, Onofre de Paula Trajano, a Brasília, ontem, com o intuito de conseguir liberação de verbas frustrou as expectativas de quem esperava ver dinheiro vivo nos cofres da entidade imediatamente. Apresentada a pauta de reivindicações, o ministro da Saúde Saraiva Felipe apenas prometeu agilizar os trâmites burocráticos para que alguns pedidos sejam atendidos. Otimista, Trajano aguardará a intervenção ministerial. Uma verdadeira comitiva francana esteve no gabinete da Saúde ontem à tarde. Em companhia de Fernando Bueno, superintendente da Santa Casa; Luiz Carlos Vergara, ex-secretário de Saúde de Franca; e Gilmar Dominici, ex-prefeito e atual assessor do senador Aloizio Mercadante, Onofre Trajano disse ter sido bem recebido pelo ministro Saraiva Felipe. De acordo com o provedor, Felipe teria prometido interceder para que as reivindicações sejam concretizadas. “Ele se dispôs a fazer isto antes de encerrar seu mandato”, disse. O ministro deve entregar o cargo no próximo dia 31 para concorrer às eleições de deputado estadual por Minas Gerais. A boa vontade de Saraiva, apenas, não resolve. Para a liberação de R$ 1,4 milhão, a Santa Casa de Franca precisa contar com a boa vontade dos deputados federais, pois mesmo liberada, a verba depende da aprovação do Orçamento da União 2006. Outras duas parcelas de R$ 2,5 milhões esperadas por Trajano também contam com a desburocratização da Saúde para serem aprovadas. A Santa Casa ainda terá que enviar o projeto de destinação das verbas à Saúde. “Os projetos já estão prontos, só dependemos agora da abertura do processo de recebimento dos documentos que, espero, aconteça até o dia 31 de março”, afirmou Trajano.

Fale com o GCN/Sampi! Tem alguma sugestão de pauta ou quer apontar uma correção?
Clique aqui e fale com nossos repórteres.

Quer receber as notícias mais relevantes de Franca e região direto no seu WhatsApp? Faça parte da comunidade GCN/Sampi e fique sabendo de tudo em tempo real. É totalmente gratuito! Abra o QR Code.

Participe da Comunidade

Quer receber as notícias mais relevantes de Franca e região direto no seu WhatsApp? Faça parte da comunidade GCN/Sampi e fique sabendo de tudo em tempo real. É totalmente gratuito!

Participe da Comunidade

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.