Delegacia itinerante visitará bairros da zona sul

Uma iniciativa inédita em Franca pretende aproximar os moradores da periferia com a Polícia Civil. Ciente das dificuldades enfrentadas pela população para se dirigir at&eac

04/02/2006 | Tempo de leitura: 2 min

Edson Arantes da Redação Uma iniciativa inédita em Franca pretende aproximar os moradores da periferia com a Polícia Civil. Ciente das dificuldades enfrentadas pela população para se dirigir até a delegacia, entre elas a distância, o delegado Marcelo Rodrigues, responsável pelo 4º DP, está finalizando um projeto o qual consiste em levar, em dias específicos, toda a estrutura da unidade policial para os bairros sob sua circunscrição. O 4º DP é a delegacia responsável pela área de maior fluxo de pessoas e de maior incidência de crimes em Franca. Abrange todo o complexo do Jardim Aeroporto e outros núcleos de grande movimentação na zona sul da cidade, como a Unifran, o Poliesportivo, o Sesi, o circuito dos bares da Avenida Champagnat e o Castelinho. Estima-se que mais de 80 mil pessoas sejam atendidas desde o trevo de Restinga, na Rodovia Cândido Portinari, até a divisa com Patrocínio Paulista e Ibiraci. Apostando que uma relação mais próxima com os moradores de sua região poderá prevenir ocorrências criminais, o delegado Marcelo Rodrigues decidiu levar a delegacia a pontos estratégicos da zona sul. “A área do 4º DP é muito extensa e as pessoas, principalmente as mais pobres, enfrentam dificuldades para se deslocar até a delegacia. Montando um posto móvel de atendimento, aproximaremos as relações e tomaremos conhecimento de diversas situações. Aqui, às vezes, uma ocorrência banal acaba em morte. É exatamente isto que queremos evitar”. A intenção do policial é começar o projeto itinerante ainda neste mês, após a mudança de endereço do 4ºDP (leia matéria nesta página). O posto móvel visitará os bairros da zona sul, pelo menos uma vez ao mês e prestará todos os serviços disponíveis normalmente numa delegacia. “Nossa intenção é resolver os problemas sem burocracia”. O delegado seccional de Franca, Maury de Camargo, aprovou a iniciativa de Marcelo Rodrigues e disse que o projeto experimental também poderá ser desenvolvido brevemente pela Polícia Civil em outras áreas da cidade.

Fale com o GCN/Sampi! Tem alguma sugestão de pauta ou quer apontar uma correção?
Clique aqui e fale com nossos repórteres.

Receba as notícias mais relevantes de Franca e região direto no seu WhatsApp
Participe da Comunidade

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.