BRIGA

Homem é preso após pular catraca e ainda tentar esfaquear motorista em Campinas

O homem teria pulado a catraca da linha 194 (Jardim Itaguaçu/Terminal Central) e, depois de ser repreendido pelo motorista, passou a ofendê-lo e tentou acertá-lo com uma faca.

Por Thiago Rovêdo | 18/01/2024 | Tempo de leitura: 1 min
Especial para Sampi Campinas

Thiago Rovêdo/Sampi Campinas

Caso foi registrado na 2ª Delegacia Seccional
Caso foi registrado na 2ª Delegacia Seccional

A PM (Polícia Militar) prendeu, no final da tarde de quarta-feira, 17, um homem de 20 anos que causou confusão em um ônibus do transporte público coletivo de Campinas. Ele chegou a tentar esfaquear o motorista e só parou quando levou um soco.

O SetCamp (Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros da Região Metropolitana de Campinas) explicou que o homem embarcou na linha no Terminal Central e, ao passar pela catraca, não tinha crédito em seu cartão.

O homem teria pulado a catraca da linha 194 (Jardim Itaguaçu/Terminal Central) e, depois de ser repreendido pelo motorista, passou a ofendê-lo e tentou acertá-lo com uma faca ao descer em um ponto da Rodovia Santos Dumont (SP-075).

Motorista e passageiro então entraram em luta corporal do lado de fora do veículo, e o rapaz foi contido. Os policiais que atenderam a ocorrência deeram voz de prisão ao homem, que não tinha registro de antecedentes criminais.

"O homem desembarcou no ponto e teria ido até a porta dianteira para ofender novamente o motorista. O condutor desceu do veículo e o homem teria puxado a faca para atacá-lo, iniciando uma briga - o motorista teria desferido um soco no passageiro, que caiu e bateu a cabeça contra o guard-rail", informou o SetCamp.

O homem não sofreu ferimentos e foi levado ao plantão policial da 2ª Delegacia Seccional da cidade, onde o caso foi registrado. 

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.