OPINIÃO

OPINIÃO

Entrelinhas

Entrelinhas

18/11/2023 | Tempo de leitura: 2 min
da Redação

da Redação

18/11/2023 - Tempo de leitura: 2 min

Primeira vez

Chefe de gabinete da prefeita Suéllen Rosim (PSD), o engenheiro Rafael Lima Fernandes admitiu pela primeira vez nesta sexta-feira (17) que pode ser candidato a prefeito em Agudos em 2024. A declaração foi proferida durante entrevista ao programa Café com Política, uma parceria entre o JC e a 96FM, que vai ao ar toda sexta-feira de manhã.

Prazos

O presidente do DAE, Leandro Joaquim, informou que o prazo para encaminhar as respostas solicitadas por Chiara Ranieri (União Brasil) sobre o PL da concessão do esgoto termina em 19 de novembro, mas que remeteu as respostas ao Legislativo nesta sexta (17). Ele disse ainda que as questões formuladas eram complexas, provavelmente elaboradas por algum especialista, e destacou que se reuniu com Chiara três vezes para discutir o tema.

Nova carta

A nova carta do hacker Patrick Brito (leia mais na página 6) na qual aponta para uma solicitação de Walmir Vitorelli para monitorar o vice-prefeito Orlando Costa Dias certamente vai repercutir na sessão da Câmara de terça-feira (21). Especialmente porque Orlando se filiou ao PP no momento da divulgação do texto.

Iluminação

Está na pauta legislativa da próxima sessão o Projeto de Lei (PL) que autoriza o governo a formalizar a Parceria Público-Privada da Iluminação Pública, proposta cuja modelagem foi elaborada pela empresa Zopone.

Outra ação

A prefeita Suéllen voltou a ajuizar uma ação contra o vereador Eduardo Borgo (Novo) por danos morais. Na petição, o advogado Jeferson Machado, que defende a mandatária, diz que o parlamentar "se utiliza do cargo de vereador para atacar pessoalmente a honra e a imagem da prefeita". A defesa afirma que Borgo imputou crime a Suéllen ao afirmar que ela cometeu "estelionato ideológico, político e eleitoral".

Aspas

"Não fui intimado, mas faz parte do modus operandi de ameaçar vereadores através de ações judiciais. Acredito no Judiciário e, no final, Bauru ficará sabendo quem é essa turma. Com certeza trata-se de mais uma retaliação por eu ter denunciado o cunhado dela na espionagem de autoridades", afirmou Borgo à coluna.

Oitava

Esta é a oitava ação por danos morais que a prefeita move contra alguém - pessoa ou empresa - desde o início do mandato. Há processos em que mais de um indivíduo responde. Na somatória, ela já acionou 15 agentes na Justiça desde 2021, o que corresponde à média de uma pessoa processada a cada dois meses.


 

Primeira vez

Chefe de gabinete da prefeita Suéllen Rosim (PSD), o engenheiro Rafael Lima Fernandes admitiu pela primeira vez nesta sexta-feira (17) que pode ser candidato a prefeito em Agudos em 2024. A declaração foi proferida durante entrevista ao programa Café com Política, uma parceria entre o JC e a 96FM, que vai ao ar toda sexta-feira de manhã.

Prazos

O presidente do DAE, Leandro Joaquim, informou que o prazo para encaminhar as respostas solicitadas por Chiara Ranieri (União Brasil) sobre o PL da concessão do esgoto termina em 19 de novembro, mas que remeteu as respostas ao Legislativo nesta sexta (17). Ele disse ainda que as questões formuladas eram complexas, provavelmente elaboradas por algum especialista, e destacou que se reuniu com Chiara três vezes para discutir o tema.

Nova carta

A nova carta do hacker Patrick Brito (leia mais na página 6) na qual aponta para uma solicitação de Walmir Vitorelli para monitorar o vice-prefeito Orlando Costa Dias certamente vai repercutir na sessão da Câmara de terça-feira (21). Especialmente porque Orlando se filiou ao PP no momento da divulgação do texto.

Iluminação

Está na pauta legislativa da próxima sessão o Projeto de Lei (PL) que autoriza o governo a formalizar a Parceria Público-Privada da Iluminação Pública, proposta cuja modelagem foi elaborada pela empresa Zopone.

Outra ação

A prefeita Suéllen voltou a ajuizar uma ação contra o vereador Eduardo Borgo (Novo) por danos morais. Na petição, o advogado Jeferson Machado, que defende a mandatária, diz que o parlamentar "se utiliza do cargo de vereador para atacar pessoalmente a honra e a imagem da prefeita". A defesa afirma que Borgo imputou crime a Suéllen ao afirmar que ela cometeu "estelionato ideológico, político e eleitoral".

Aspas

"Não fui intimado, mas faz parte do modus operandi de ameaçar vereadores através de ações judiciais. Acredito no Judiciário e, no final, Bauru ficará sabendo quem é essa turma. Com certeza trata-se de mais uma retaliação por eu ter denunciado o cunhado dela na espionagem de autoridades", afirmou Borgo à coluna.

Oitava

Esta é a oitava ação por danos morais que a prefeita move contra alguém - pessoa ou empresa - desde o início do mandato. Há processos em que mais de um indivíduo responde. Na somatória, ela já acionou 15 agentes na Justiça desde 2021, o que corresponde à média de uma pessoa processada a cada dois meses.


 

Quer receber as notícias mais relevantes de Bauru e região direto no seu WhatsApp? Faça parte da comunidade JCNET/Sampi e fique sabendo de tudo em tempo real. É totalmente gratuito! Abra o QR Code.

Participe da Comunidade

Quer receber as notícias mais relevantes de Bauru e região direto no seu WhatsApp? Faça parte da comunidade JCNET/Sampi e fique sabendo de tudo em tempo real. É totalmente gratuito!

Participe da Comunidade

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.