FORA DE CIRCULAÇÃO

Polícia prende 'Grandão da Yamaha' no centro de Piracicaba

O foragido foi flagrado com crack e cocaína, além ser investigado por roubos e furto na região central

Por Da redação | 24/05/2024 | Tempo de leitura: 1 min

Divulgação

As drogas foram apreendidas e apresentadas no Plantão Policial
As drogas foram apreendidas e apresentadas no Plantão Policial

 Um foragido da justiça foi flagrado pela Polícia Militar com significativa quantidade de drogas na avenida Armando de Sales Oliveira, na noite desta quarta-feira (22), no centro de Piracicaba.

 A equipe realizava um patrulhamento preventivo para reduzir o alto índice de roubos e furtos na região, com foco nas imediações de uma conveniência que funciona 24 horas, quando foi informada sobre um suspeito rondando a área. O indivíduo, descrito como um homem de estatura alta, trafegava com uma motocicleta Yamaha YBR preta e estaria envolvido em diversos crimes na região.

 O homem descrito por várias vítimas como "Grandão da Yamaha",  foi avistado por volta das 2hs dirigindo em alta velocidade pela rua Prudente de Moraes e após uma perseguição, interceptado na avenida Armando de Salles Oliveira.

 Na consulta ao Centro de Operações da Polícia Militar (COPOM), foi constatado que havia um mandado de prisão em aberto contra o indivíduo. Durante a revista, os policiais encontraram 28 eppendorfs de cocaína,16 pedras de crack, mais uma porção de cocaína e R$193,00 em espécie.

 Diante das evidências, o homem foi preso por tráfico de drogas e levado à delegacia, onde permanece à disposição da justiça.

Fale com a Folha da Região! Tem alguma sugestão de pauta ou quer apontar uma correção? Clique aqui e fale com nossos repórteres.

Receba as notícias mais relevantes de Araçatuba e região direto no seu WhatsApp
Participe da Comunidade

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.