EM ANÁPOLIS

Funcionária processa empresa por demissão, mas acaba pagando R$ 100 mil

Pagamento foi determinado após acordo entre advogados da mulher e do posto; ela também vai prestar 150 horas de serviço comunitário

10/04/2024 | Tempo de leitura: 1 min
da Folhapress

Pixabay/Imagem de divulgação

A mulher era funcionária de um posto de gasolina de Anápolis, GO
A mulher era funcionária de um posto de gasolina de Anápolis, GO

Uma ex-gerente de um posto de gasolina em Anápolis (GO) entrou na Justiça após ser demitida e acabou precisando assinar um acordo para pagar R$ 100.252,00 à empresa. O pagamento foi determinado após acordo entre advogados da mulher e do posto. A ex-funcionária também vai prestar 150 horas de serviço comunitário, segundo acordo judicial à qual a reportagem teve acesso.

A mulher acionou a Justiça alegando acúmulo de função, assédio e danos morais. Ela afirmou que passou a ser "perseguida" após a empresa detectar desvios de R$ 217.314,08. Fraudes teriam ocorrido entre 2020 e 2022. Elas eram cometidas com a inclusão de vendas fictícias de cartão de crédito no sistema da empresa e saque de dinheiro em espécie do mesmo valor no caixa do posto. A defesa do posto alegou que o crime motivou a demissão.

A ex-funcionária chegou a se oferecer para pagar dinheiro desviado, disse dono do posto à polícia. Ele contou que desconfiou da incompatibilidade nos valores e pediu que funcionários observassem os lançamentos no caixa. Desconfiada da investigação interna, a gerente teria se oferecido para devolver valor sem envolver a polícia.

O pagamento será feito em 142 parcelas. A última delas está prevista para 15 de fevereiro de 2036. Cada uma terá o valor de meio salário mínimo na data vigente. nesta quarta-feira (10), o valor soma mais de R$ 100 mil.

A reportagem entrou em contato com a ex-funcionária para dar direito à defesa dela. Não houve retorno sobre o assunto até o momento. O espaço será atualizado tão logo haja posicionamento.

Fale com a Folha da Região! Tem alguma sugestão de pauta ou quer apontar uma correção? Clique aqui e fale com nossos repórteres.

Receba as notícias mais relevantes de Araçatuba e região direto no seu WhatsApp
Participe da Comunidade

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.