FUTEBOL

Atlético-MG vira pra cima do Cruzeiro e conquista pentacampeonato mineiro

Mateus Vital marcou para o Cruzeiro, Saravia empatou, Hulk virou e Scarpa garantiu o título

Por Eder Traskini | 07/04/2024 | Tempo de leitura: 4 min
da Folhapress

Pedro Souza / Atlético

Hulk comemora o gol do Atlético-MG contra o Cruzeiro na final do Mineiro
Hulk comemora o gol do Atlético-MG contra o Cruzeiro na final do Mineiro

O Atlético-MG venceu o Cruzeiro por 3 a 1 na tarde deste domingo (7) e calou o Mineirão com apenas cruzeirenses para conquistar o pentacampeonato consecutivo do Mineiro. Mateus Vital marcou para o Cruzeiro, Saravia empatou, Hulk virou e Scarpa garantiu o título para o Atlético-MG. O gol da virada veio em pênalti marcado com auxílio do VAR que flagrou mão de Lucas Silva em cruzamento de Igor Gomes.

O Galo superou adversidades para conquistar mais um título mineiro, o 49º de sua história. O Cruzeiro tinha a vantagem de jogar por dois empates e também atuou na segunda partida com apenas cruzeirenses no Mineirão.

Galo cala Mineirão e conquista o penta
O Galo não teve nenhuma vantagem na final do Mineiro, mas mostrou porque domina o estado desde 2020 e conquistou o pentacampeonato consecutivo, ampliando o jejum do rival. O Atlético ainda saiu atrás em gol de Vital no começo do segundo tempo, mas encontrou forças para virar.

O time de Gabriel Milito encontrou um adversário bem postado e custou a encontrar espaços. Mesmo as escapadas de Hulk e Paulinho na primeira etapa terminaram com raros erros da dupla.

As alterações dos treinadores foram fundamentais no resultado da partida. Lacarmón tirou o autor do gol Mateus Vital para colocar um zagueiro quando o Cruzeiro fez 1 a 0 e viu o Galo empatar três minutos depois em grande bola de Otávio para infiltração surpreendente de Saravia e finalização impecável de cabeça.

Milito foi ainda mais para cima. Com ousadia, tirou um zagueiro e dois volantes para colocar três homens ofensivos: Igor Gomes, Scarpa e Vargas. O Galo conseguiu a virada em pênalti justamente no cruzamento de Igor Gomes, em que a bola toca na mão de Lucas Silva; Hulk cobrou forte e converteu.

O título foi consolidado só nos acréscimos do segundo tempo em golaço de Scarpa, que driblou Rafael Cabral para fazer o terceiro.

Lances Importantes

  • Perdeu! Bruno Fuchs lançou da defesa, a bola passou por Hulk e encontrou a infiltração de Paulinho. Ele invadiu a área com espaço, mas finalizou por cima do gol de Rafael Cabral.
  • A la Ronaldinho! Matheus Pereira aproveitou que a barreira do Atlético-MG sempre pula e bateu falta da entrada da área rasteira, como fez Ronaldinho. O chute passou com muito perigo.
  • Que isso, Hulk? O atacante recebeu no meio-campo nas costas da marcação e disparou em direção ao gol. O zagueiro Neris perseguiu o jogador, ganhou na corrida e no corpo, deixando Hulk no chão e sem bola. O atacante pede pênalti que não existiu.
  • Assim não, Paulinho! O atacante do Galo disparou do meio-campo, invadiu a área com boa chance de finalizar, mas tentou servir Hulk que acompanhava a jogada. O zagueiro Neris se recuperou no lance e cortou para escanteio.
  • 1x0. No começo do segundo tempo, Matheus Pereira roubou de a bola de Battaglia no meio-campo, o Cruzeiro construiu a jogada e o próprio Matheus Pereira recebeu no bico da grande área para cruzar na medida para Mateus Vital entrar na segunda trave e cabecear no contrapé de Everson. O Galo reclamou de falta no lance, mas o VAR confirmou o gol.
  • 1x1. Na intermediária ofensiva, Otávio achou lindo lançamento por cima para a entrada de Saravia como elemento surpresa. O lateral chegou em velocidade e tocou de cabeça para trás de forma consciente para encobrir Rafael Cabral e marcar um belo gol.
  • 2x1. O Galo virou em pênalti cobrado por Hulk. A bola tocou na mão de Lucas Silva em cruzamento da linha de fundo e o VAR recomendou o pênalti. Hulk cobrou forte no canto direita de Rafael.
  • Por cima! O Cruzeiro foi para o ataque e conseguiu encontrar Cifuentes em cruzamento para a entrada da área, mas o atacante pegou de voleio mandante por cima do gol.
  • 3x1. Scarpa recebeu com liberdade no centro do campo em contra-ataque, invadiu a área sozinho, driblou Rafael Cabral e matou o jogo.

Ficha técnica
Cruzeiro 1 x 3 Atlético-MG

Cruzeiro: Rafael Cabral; William (Wesley Gasolina), Neris (Barreal), Zé Ivaldo e Marlon; Lucas Romero, Lucas Silva (Cifuentes) e Mateus Vital (João Marcelo); Matheus Pereira, Arthur Gomes e Juan Dinenno. Técnico: Nicolás Larcamón

Atlético: Everson; Saravia (Igor Rabello), Jemerson, Bruno Fuchs (Scarpa) e Arana; Otávio (Igor Gomes), Battaglia (Vargas), Alan Franco e Zaracho; Paulinho e Hulk (Lemos). Técnico: Gabriel Milito.

Campeonato Mineiro 2024 - 2º jogo da final

Data: 07/04/2024 (domingo)

Horário: 15h30 (de Brasília)

Local: estádio do Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza

Assistentes: Fabrini Bevilacqua Costa e Nailton Junior de Souza Oliveira

VAR: José Cláudio Rocha Filho

Amarelos: Lucas Silva, William, Marlon e Lucas Romero; Arana, Zaracho e Saravia

Gol: Mateus Vital (6'/2ºT); Saravia (19'/2ºT), Hulk (31'2ºT) e Scarpa (49'2ºT)

Fale com a Folha da Região! Tem alguma sugestão de pauta ou quer apontar uma correção? Clique aqui e fale com nossos repórteres.

Receba as notícias mais relevantes de Araçatuba e região direto no seu WhatsApp
Participe da Comunidade

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.