Geral

Uniformes da rede municipal são encontrados em terreno baldio e Suéllen sugere ‘armação’

Prefeitura disse que vai apurar o caso e que peças de roupa são da remessa entre 2016 e 2018; audiência hoje discute compras

Por André Fleury Moraes e Bruno Freitas | 02/04/2024 | Tempo de leitura: 2 min
da Redação
Atualizada às 6h30

Bruno Freitas

Peças foram localizadas em um terreno no Núcleo Fortunato Rocha Lima
Peças foram localizadas em um terreno no Núcleo Fortunato Rocha Lima

Mais de 160 uniformes escolares da rede municipal de ensino em perfeito estado foram encontrados num terreno baldio do Núcleo Fortunato Rocha Lima, em Bauru, na manhã desta terça-feira (2). Foram 164 ao todo.

Segundo vídeos que circularam nas redes sociais, um munícipe corria pela região no sentido Nações Norte quando encontrou as peças a maioria das quais jaquetas dos tamanhos P,M e G. Elas estavam dentro de um saco plástico. O governo vai registrar a ocorrência.

O delegado Fábio Henrique Junqueira, da Polícia Civil de Bauru, foi até o local ao lado de equipes da corporação e vai investigar o caso. Também acompanharam a ocorrência o secretário de Educação, Nilson Ghirardello, e a vereadora Estela Almagro (PT).

O titular da Educação afirmou à imprensa que os uniformes são da remessa adquirida pela prefeitura entre 2016 a 2018 e que aparentemente não chegaram a ser distribuídos.

"As peças são entregues diretamente às escolas. Nós, na Educação, não guardamos uniformes. Pode ter vindo de alguma escola? Não é possível responder. Até porque a polícia vai investigar isso", observou. "Isso nos pegou de surpresa", pontuou.

Mais tarde, nas redes sociais, a prefeita Suéllen Rosim (PSD) publicou vídeo repudiando o episódio. "É inadmissível, um desperdício de dinheiro público. Nós somos os maiores interessados em esclarecer tudo isso", afirmou a mandatária.

Ela sugeriu na sequência que o caso pode ter sido uma armação - não mencionou de quem, porém.

"É uma história que soa algo de muito estranho. Quem escondeu esses uniformes por tanto tempo? Até porque são modelos antigos. Isso estava guardado há algum tempo, escondido em algum lugar. Por que essa pessoa decidiu jogar num terreno baldio, aberto? E depois fazer uma denúncia?", disse.

Ainda na publicação, Suéllen admitiu que "houve de fato um atraso" na entrega dos uniformes para o ano letivo de 2024 e que as peças estão sendo entregues "ponto a ponto" nas escolas, conforme pedido dos diretores das respectivas instituições.

A prefeita justificou o atraso: "[isso ocorreu] porque nós, além dos uniformes de verão, de manga curta, também estamos entregando os uniformes de inverno".

Como noticiou o JC, a Secretaria de Educação pagou até 90,43% mais caro por itens que compõem os kits de uniformes escolares a serem entregues neste ano letivo na comparação com a aquisição dos mesmos utensílios em 2023. O governo nega irregularidades.

A vereadora Estela Almagro (PT), que acompanhou a ocorrência desta terça-feira (2), também comentou o caso. "O ano de fabricação dos uniformes é irrelevante diante dos fatos, importa é saber por que eles estavam lá, jogados em um terreno baldio com vestígios de queimada", escreveu a parlamentar nas redes sociais. "É inadmissível o que estão fazendo com a educação de Bauru", prosseguiu.

A petista vai presidir uma audiência pública na manhã de hoje (3) para apurar as compras da educação, tanto dos uniformes como dos materiais escolares. Como noticiou o JC no final de semana, o proprietário da empresa que venceu licitação destinada à compra dos materiais é investigado por corrupção e já chegou a ser preso.

Secretário Nilson Ghirardello, da Educação, foi vistoriar o local (foto: Bruno Freitas)
Secretário Nilson Ghirardello, da Educação, foi vistoriar o local (foto: Bruno Freitas)
Uniformes, todos novos, eram dos anos de 2016, 2017 e 2018, disse Ghirardello (foto: Bruno Freitas)
Uniformes, todos novos, eram dos anos de 2016, 2017 e 2018, disse Ghirardello (foto: Bruno Freitas)

Fale com a Folha da Região! Tem alguma sugestão de pauta ou quer apontar uma correção? Clique aqui e fale com nossos repórteres.

Receba as notícias mais relevantes de Araçatuba e região direto no seu WhatsApp
Participe da Comunidade

1 COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.

  • Luciana de Oliveira Rocha
    03/04/2024
    Porque de vez ficarem discutindo, não doam É notório que isso é jogo politico, seja de A ou B. Mas é simpliemente uma vergonha!!