INVESTIGAÇÃO

Polícia encontra cabeça de um dos corpos furtados de cemitério

Além do corpo de uma adolescente de 12 anos, o cadáver de um bebê também foi levado, mas ainda não encontrado.

21/05/2024 | Tempo de leitura: 1 min
da Redação/

Reprodução/PCMS

 Três túmulos foram danificados, incluindo os de dois bebês e da adolescente enterrada há 15 dias.
Três túmulos foram danificados, incluindo os de dois bebês e da adolescente enterrada há 15 dias.

A Polícia Civil de Ponta Porã (MS) encontrou a cabeça da adolescente de 12 anos, cujo corpo foi furtado do Cemitério São Vicente de Paula na madrugada de domingo (19).

Leia também: Cemitérios de SP ainda têm lixo e invasões oito meses após concessão

O cadáver de um bebê também foi levado, mas ainda não foi encontrado. Segundo o Diário Online, a delegada Elisângela Ferreira Cristaldo, titular da 1ª Delegacia de Polícia, relatou que um investigador localizou a cabeça envolta numa camiseta entre os túmulos, confirmando que pertencia à adolescente.

Na segunda-feira (20), as autoridades buscaram imagens para identificar como os restos mortais foram transportados. Três túmulos foram danificados, incluindo os de dois bebês e da adolescente enterrada há 15 dias. Os óbitos ocorreram naturalmente.

O vigia do cemitério descobriu as covas abertas ao chegar para trabalhar por volta das 6h. O prefeito Eduardo Campos (PSDB) classificou o ocorrido como terrível e inédito. A Prefeitura de Ponta Porã está investigando o caso. O cemitério, inaugurado em 2010, é popular e não possui jazigos com materiais de valor que atrairiam ladrões. O registro policial aponta para destruição, subtração ou ocultação de cadáver, mas até o momento, ninguém foi preso

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.