TRÁFICO

Após 'batida' em adega, PM acha drogas na casa de funcionária

A tia da suspeita disse que as drogas pertencem à sua sobrinha

Por Fábio Estevam | 23/05/2024 | Tempo de leitura: 1 min
Polícia

DIVULGAÇÃO

A droga foi apreendida pelos policiais militares
A droga foi apreendida pelos policiais militares

Uma funcionária de uma adega em Cabreúva deverá ser investigada pela Polícia Civil, por tráfico de drogas, depois que a Polícia Militar, nesta quarta-feira (22), localizou na casa dela grande quantidade de entorpecentes. Os PMs estiveram no local justamente após saírem da adega, onde segundo denúncia recebida pela Corporação, estaria ocorrendo tráfico.

Duas equipes de policiais militares foram à adega para averiguar denúncia. No estabelecimento, abordaram um homem, que estava com uma porção de cocaína. Questionado, ele contou aos agentes que em uma residência próxima havia grande quantidade de drogas armazenadas.

Os PMs foram até o local e a moradora autorizou a entrada no imóvel. Em varredura, foi encontrada uma sacola bom bastante drogas variadas. A mulher foi questionada e informou que os entotpecentes pertenciam à sua sobrinha, que não estava em casa.

Segundo apurou a reportagem juntos a policiais militares, a sobrinha é funcionária na adega onde suspeita-se que esteja ocorrendo tráfico.

O homem detido foi conduzido à delegacia, onde ficou à disposição da Justiça.

EQUIPES DA AÇÃO

Participaram da ação as equipes de Comando de Força Patrulha (CFP), com o 2º tenente Halisson e cabo Ludilanne, e do Comando de Grupo Patrulha (CGP 2), com o 1º sargento Silvio e soldado M. Pereira.

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.