SOZINHA

Idosa procura adotantes de seus gatos antes de ir para asilo

Fazendo um tratamento de saúde, ela já não pode morar só, mas, antes de sair de casa, precisa dar um destino para os 16 gatos que resgatou e cria

Por Nathália Sousa | 3 dias atrás | Tempo de leitura: 2 min

Reprodução

Veja no fim da matéria as fotos de 11 doa 16 gatos que estão disponíveis para adoção
Veja no fim da matéria as fotos de 11 doa 16 gatos que estão disponíveis para adoção

Aos 71 anos, dona Elizete dedicou boa parte da vida ao cuidado aos animais. Agora, porém, ela precisa se cuidar, pois vem tratando uma doença e já não consegue morar sozinha, precisa dos cuidados de profissionais em um asilo. Só que Elizete tem 16 gatos, que ela resgatou ao longo dos anos, e precisa que todos sejam adotados antes de sair de casa. "Entre a cruz e a espada", Eizete não tem familiares próximos e, morando sozinha, põe a si e aos gatos em risco, pois já não pode cuidar da casa como vinha fazendo.

"Adoro animais, passei a vida toda cuidando de animais, resgatando gatos da rua, trazendo para o meu convívio, castrando, doando, fazendo tudo por eles. Só que agora eu estou muito doente, eu estou com uma doença que se chama osteomelite. Começou no joelho e já pegou o fêmur, já está em toda a minha perna e eu sei que eu vou morrer", lamenta ela sobre a infecção que atinge os ossos.

Elizete apela para que seus gatos sejam adotados o quanto antes. "Eu não tenho com quem deixar meus gatos. Atualmente eu estou com 16 gatos dentro de casa, todos castrados, bonitos, saudáveis, mas eu não posso mais cuidar deles. Eu não tenho mais forças para cuidar", diz dona Elizete, precisando ir para um asilo.

Para ela, os gatos merecem lares dignos. "Eu fico pensando que eu posso morrer a qualquer momento e esses gatos vão ficar abandonados. Então, eu queria pedir ajuda para encaminhar esses gatos para adoção, para eles terem a oportunidade de continuar vivendo, porque a doente aqui sou eu. Humildemente peço ajuda, tudo pelos animais, tudo pelos gatos, coitados, eles não têm culpa do que aconteceu comigo. Foi um acidente que eu sofri que começou essa doença horrorosa. Eu não tenho quem cuide de mim, porque eu não tenho filhos, meu marido morreu há seis anos e eu não tenho ninguém. Eu preciso ir para um asilo, porque lá cuidam melhor de mim, eu estou tendo uma vida muito precária, tendo que fazer tudo eu mesma."

Atualmente, os gatos permanecem na casa com dona Elizete e uma petsitter que mora próximo a ela a está ajudando provisoriamente com os animais, pois no momento não há local que acolha todos. Quem desejar adotar algum dos gatos, pode entrar em contato com a protetora de animais Danielle Fogaça, que está intermediando as doações. O WhatsApp da Danielle é o (11) 97657-4912. Todos os gatos são castrados. "É necessário que os adotantes tenham ciência que são gatos adultos, que precisarão de uma adaptação. O local para onde vão tem que ser seguro, sem acesso à rua e, se for apartamento, precisa ser telado", explica Danielle.

Veja abaixo as fotos de alguns dos gatos disponíveis para adoção.

Para adotar, entre em contato com o WhatsApp (11) 97657-4912
Para adotar, entre em contato com o WhatsApp (11) 97657-4912
Para adotar, entre em contato com o WhatsApp (11) 97657-4912
Para adotar, entre em contato com o WhatsApp (11) 97657-4912
Para adotar, entre em contato com o WhatsApp (11) 97657-4912
Para adotar, entre em contato com o WhatsApp (11) 97657-4912
Para adotar, entre em contato com o WhatsApp (11) 97657-4912
Para adotar, entre em contato com o WhatsApp (11) 97657-4912
Para adotar, entre em contato com o WhatsApp (11) 97657-4912
Para adotar, entre em contato com o WhatsApp (11) 97657-4912
Para adotar, entre em contato com o WhatsApp (11) 97657-4912
Para adotar, entre em contato com o WhatsApp (11) 97657-4912
Para adotar, entre em contato com o WhatsApp (11) 97657-4912
Para adotar, entre em contato com o WhatsApp (11) 97657-4912
Para adotar, entre em contato com o WhatsApp (11) 97657-4912
Para adotar, entre em contato com o WhatsApp (11) 97657-4912
Para adotar, entre em contato com o WhatsApp (11) 97657-4912
Para adotar, entre em contato com o WhatsApp (11) 97657-4912
Para adotar, entre em contato com o WhatsApp (11) 97657-4912
Para adotar, entre em contato com o WhatsApp (11) 97657-4912
Para adotar, entre em contato com o WhatsApp (11) 97657-4912
Para adotar, entre em contato com o WhatsApp (11) 97657-4912

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.