RESGATE

'Superdrone' de Campinas inicia operação de resgate no RS

A equipe campineira sobrevoou a área com o equipamento para fazer a localização de animais e pessoas.

Por Thiago Rovêdo | 4 dias atrás | Tempo de leitura: 1 min
Especial para Sampi Campinas

Divulgação

Cachorro resgatado pela Defesa Civil de Campinas
Cachorro resgatado pela Defesa Civil de Campinas

O grupo da Prefeitura de Campinas em missão humanitária em Canoas, no Rio Grande do Sul, realizou sobrevoo de áreas alagadas utilizando o "superdrone" da Emdec (Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas) na terça-feira, 14. No segundo dia da missão, a equipe também ajudou no resgate de 72 animais domésticos.

Na ação, Campinas representa a força-tarefa do governo do Estado de São Paulo. Participam da missão humanitária os agentes Gabriel Botelho Assis Benatti e Tânio Rodrigues Alves, da Defesa Civil, e o técnico em Mobilidade Urbana da Emdec, Marcelo Tortorelli. Benatti e Tortelli são operadores de drone e Alves é agente da Defesa Civil que já atuou em outras missões humanitárias.

No primeiro dia de ação, a equipe atuou no bairro Rio Branco. Com quase 30 mil habitantes, a localidade está totalmente alagada. O trabalho foi feito em conjunto com a Defesa Civil do município. Já nesta terça-feira, segundo o agente da Defesa Civil Tânio Rodrigues Alves, o trabalho se concentrou no bairro Martins Velho. Com 45 mil pessoas, o bairro também está alagado em boa parte.

A equipe campineira sobrevoou a área com o "superdrone" para fazer a localização de animais e pessoas. Além disso, apoiaram no resgate de 72 animais domésticos, inclusive dando apoio aos veterinários voluntários na triagem e no cuidado com os pets que chegaram às tendas do setor de proteção animal. 

O dispositivo empregado na ação é o DJIM30T, o "super drone" da Emdec, que tem ampla capacidade de geração de imagens, incluindo a possibilidade de voos em dias chuvosos ou com ventos de até 80 km/h. 

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.