DEU AZAR

Influencer de Araçatuba é investigado por promover jogos de azar

Digital influencer com mais de 1 mi de seguidores, morador em bairro de alto padrão, oferecia em suas redes prêmios de alto valor, como motos e carros, a valores irrisórios, diz PC

Por Priscilla Andrade | 14/05/2024 | Tempo de leitura: 2 min
da Redação

Divulgação

Dinheiro de 'tolo' era usado para divulgar vídeos de sorteios e rifas de carros e motos a preço insignificante. O alvo da investigação era digital influencer
Dinheiro de 'tolo' era usado para divulgar vídeos de sorteios e rifas de carros e motos a preço insignificante. O alvo da investigação era digital influencer

A Polícia Civil cumpriu mandado de busca e apreensão em um endereço de alto padrão em Araçatuba, na tarde dessa segunda-feira, 13. No local foram encontradas várias notas de dinheiro cenográfico, que seriam usadas em gravações de vídeos nas redes sociais para divulgação de rifas irregulares.

Todo o material apreendido estava com um jovem de 26 anos, que é investigado por promover jogos de azar nas redes sociais e na internet. O homem atua como influencer na cidade e conta com mais de um milhão de seguidores.

A reportagem apurou que o caso foi fruto de uma investigação pontual, pela Delegacia de Investigações Gerais da Divisão Especializada de Investigações Criminais, DIG/Deic, após uma denúncia que chegou até as equipes, de que o homem promovia rifas e sorteios de diversos prêmios pela internet utilizando as redes sociais do influencer investigado.

De acordo com o delegado José Abonízio, o digital influencer oferecia em suas redes prêmios de alto valor, como motos e carros, a valores irrisórios.

"A investigação foi pontual deste alvo, que é seguido por mais de um milhão de pessoas nas redes sociais. Nas redes sociais do investigado, constava a oferta de sorteios de veículos - que não ficou claro se ele chegava a entregar esses prêmios - a preços insignificantes, até por R$ 0,03. Diante dessas postagens, tiveram início as investigações e foi representado pelo mandado de busca no endereço dele", explica Abonízio.

As equipes do GOE chegaram ao edifício, que fica na rua Arlindo Floriano de Oliveria, no Parque Baguaçu, à procura do morador de um dos apartamentos, com mandado de busca e apreensão. O investigado estava em casa quando as equipes chegaram. Aos policiais, ele teria confessado que promovia as rifas e sorteios sem autorização legal.

No apartamento de luxo, a polícia encontrou dois aparelhos celulares e várias notas de R$ 100 e R$ 200 cinematográficas, material usado pelo influencer para gravar os vídeos de engajamento. O objetivo era atrair o público pagante. De acordo com informações, o investigado, disse que realizada a atividade há algum tempo, mas que não fazia parte de ação criminosa ou estaria envolvido em esquema de lavagem de dinheiro.

O caso segue em investigação para identificar outros envolvidos.

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.