CLUBE-EMPRESA

SAF na Ponte Preta: Macaca forma comissão para avaliar propostas

O grupo se reuniu pela primeira vez nesta terça-feira, 6, para debater a implementação do modelo clube-empresa na Ponte Preta.

Por Higor Goulart | 07/02/2024 | Tempo de leitura: 1 min
Especial para a Sampi Campinas

Higor Goulart/Sampi Campinas

Casa da Ponte Preta: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas
Casa da Ponte Preta: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas

A atual diretoria da Ponte Preta voltou a discutir a transformação do clube em uma SAF (Sociedade Anônima do Futebol). Para debater o assunto, a Macaca formou uma comissão, que deve acompanhar, avaliar e encaminhar qualquer proposta para implementar o modelo clube-empresa.

A primeira reunião da comissão aconteceu na tarde desta terça-feira, 6, e contou com o presidente Marco Antonio Eberlin. A comissão é formada pelos conselheiros Marcos Garcia Costa, Gustavo Garcia Valio, Mario Sergio Tognolo, João Machado de Campos Filho e Josué Alves da Cunha Junior.

O grupo assume a responsabilidade de liderar todos os temas que envolvem o assunto SAF na Ponte Preta. Além disso, devem analisar também casos existentes do modelo no futebol brasileiro, como Bahia, Cruzeiro, Botafogo e Vasco.

Em caso de proposta concreta e real, por exemplo, a comissão deve encaminhar imediatamente ao Conselho Deliberativo, para andamento na votação.


Leia mais sobre a Ponte Preta!

Brigatti cita melhora e lamenta erros defensivos em empate da Ponte com o São Bernardo

Campeão da Copinha e ex-Barcelona B: conheça novo reforço da Ponte Preta

Conheça o reforço da Ponte Preta que aos 10 anos treinou com Neymar e Ganso no Santos


Mudança na diretoria

A criação da comissão forçou a saída do diretor financeiro da Ponte Preta, Gustavo Garcia Valio. De acordo com a Macaca, “por conta de seus inúmeros compromissos profissionais de ordem pessoal já assumidos, além da responsabilidade com a comissão, o diretor deixou o cargo ainda na terça-feira.

Quem assume em seu lugar é Hamilton Caviolla Filho, conselheiro, empresário e delegado da Polícia Civil.

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.