ENCONTRADO

Irmão acha corpo de homem que morreu na lagoa da Bela Olinda

Corpo de Adilson da Silva, 41 anos, boiou após quase dois dias de buscas intensas realizadas pelo Corpo de Bombeiros

27/02/2024 | Tempo de leitura: 1 min

Bruno Freitas

Bombeiros mergulhadores durante o resgate
Bombeiros mergulhadores durante o resgate

O corpo de Adilson da Silva, 41 anos, que havia desaparecido no último domingo (25) na lagoa da Quinta da Bela Olinda, em Bauru, foi encontrado na manhã desta terça-feira (27), por volta de 6h30. O próprio irmão de Adilson foi quem encontrou a vítima, que estava boiando em uma das margens. Em seguida, o Corpo de Bombeiros, que chegou para retomar as buscas, fez a retirada.

Adilson desapareceu no final da tarde do último domingo (25). Ele estava acompanhado de amigos e disse que iria atravessar o lago a nado. Porém, quando chegou no meio do trajeto, os amigos viram que ele iniciou um retorno à margem. Mas, em certo momento, desapareceu na água, sem que os colegas vissem exatamente onde ele havia afundado.

Desde então, os bombeiros fizeram buscas, mas as águas turvas e as irregularidades do fundo da represa, além da imprecisão sobre o ponto em que ocorreu o afogamento, dificultaram o trabalho, que seria retomado na manhã desta terça.

Porém, o irmão, que chegou um pouco antes, encontrou o corpo boiando. Depois de passar por exame necroscópico no Instituto Médico Legal (IML) de Bauru, ele foi sepultado no Cemitério Cristo Rei, após uma breve despedida da família. Não houve velório.

Mais esta morte na lagoa repercutiu em toda a cidade e foi alvo de comentários dos vereadores na sessão da Câmara desta segunda-feira. Todos eles pedindo providências em relação ao local, que já foi palco da morte de várias pessoas ao longo dos anos, apesar das placas orientando para o perigo. As sinalizações haviam sido arrancadas e, após este último afogamento, a Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semma) providenciou a instalação de novas.

Adilson da Silva tinha 41 anos (crédito: Redes Sociais/Reprodução)
Adilson da Silva tinha 41 anos (crédito: Redes Sociais/Reprodução)

Receba as notícias mais relevantes de Bauru e região direto no seu WhatsApp
Participe da Comunidade

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.