MORTE NO TRÂNSITO

Vítima fatal de acidente no Petraglia tinha 21 anos; motorista recusa teste do bafômetro

Com a chegada da PM, o motorista do carro envolvido no acidente admitiu que havia saído de um churrasco, onde tinha ingerido bebida alcoólica, e não faria o teste do bafômetro.

Por Hevertom Talles | 24/02/2024 | Tempo de leitura: 1 min
da Redação

Reprodução

Pedro Henrique perdeu a vida nesta sexta-feira, 24, em Franca
Pedro Henrique perdeu a vida nesta sexta-feira, 24, em Franca

Pedro Henrique de Lacerda Matos, um jovem de 21 anos, tornou-se mais uma vítima do trânsito violento de Franca na noite desta sexta-feira, 24. O jovem era o motociclista que conduzia uma motocicleta com um jovem de 20 anos na garupa, quando, no cruzamento da avenida Dom Pedro com a rua Orestes Dalmaso, no Jardim Petraglia, ocorreu o acidente.

Segundo consta em boletim de ocorrência, um automóvel Ônix, dirigido por um homem de 57 anos que apresentava sinais de embriaguez, cortou a frente da moto, que tinha a preferencial na avenida.

O impacto resultou em ferimentos para ambos os ocupantes da motocicleta e, populares que se aproximaram do local tentaram agredir o motorista.

Uma equipe de resgate do Corpo de Bombeiros esteve no local e socorreu as duas vítimas da moto, porém Pedro não resistiu aos ferimentos e morreu a caminho do hospital. Já o garupa, sofreu escoriações, mas não corre risco de morte.

Com a chegada da Polícia Militar no local, o próprio motorista do Ônix admitiu que havia saído de um churrasco, onde havia ingerido bebida alcoólica e, por isso, não iria fazer o teste do bafômetro.

Também relatou que foi fazer uma conversão e que não viu a moto porque ela estaria em alta velocidade e com os faróis apagados. Ele foi encaminhado à CPJ (Central de Polícia Judiciária) para exame médico, onde foi constatado que estava com a “capacidade motora preservada”.

Ainda de acordo com o registro da ocorrência, o motorista foi liberado e poderá responder por lesão corporal culposa e homicídio culposo na direção de veículo automotor.

Despedida
O corpo de Pedro será velado neste sábado, 24, na sala 3 do Memorial Nova Franca e o enterro está marcado para as 16h, também de hoje, no Cemitério Santo Agostinho.

Receba as notícias mais relevantes de Bauru e região direto no seu WhatsApp
Participe da Comunidade

8 COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.

  • Dirceu
    27/02/2024
    Coisas que eu não consigo entender.... já ví pessoa ser presa por causa de uma lata de cerveja... e esse assassino admite que bebeu, passa por exame que comprova, e sai livre...de boa... e com certeza, antes de chegar em casa, passou no boteco pra tomar mais umas. Agora, vem a INjustiça e condena o cara a pagar umas cestas básicas e fica por isso mesmo. É revoltante...
  • TO DOIDO
    26/02/2024
    Parabéns a policia e as leis e procedimentos que são cumpridas de maneiras diferentes para cada pessoa, um conhecido babado bateu parado em um carro estacionado sem vitimas e foi preso, o outro ai MATA, ASSASSINA, TIRA A VIDA de um inocente e é liberado mesmo dizendo que está alcoolizado, raza odiada.
  • Roger
    24/02/2024
    Essas coisas que fazem a gente desanimar desse país. O cara mata uma pessoa, fere outra, admite ter ingerido bebida alcoólica e não conhece nada com ele. No mínimo tinha que ficar um tempo considerável, mas a impunidade nesse país prevalece, entra governo e sai governo e ninguém tem culhoes para mexer nesse nesse bendito código penal.
  • Anonimous
    24/02/2024
    Sorte dele que matou foi um ser humano, se fosse um cachorro tava preso, independente de estar bêbado ou não, não venham com mimimi, é fato.
  • Wilson Silva
    24/02/2024
    Só não fugiu tbm porque o carro não tinha condições de andar, todos os dias são as mesmas notícias, carro não respeita placa de Pare e colide com moto, mais uma vítima desses homicidas, tinha que fazer esses motoristas famosos, colocando o nome desses bebuns bem grande nas matérias pra todos saberem quem foi que causou a morte de mais uma pessoa no trânsito e tomar a habilitação pra não dirigir nunca mais e pagar uma indenização por danos pros familiares das vítimas.
  • Marco
    24/02/2024
    Estes cidadãos irresponsáveis deveriam serem presos e não responder em liberdade. A dor da família que perdeu este jovem não tem preço.
  • Antonio Carlos
    24/02/2024
    Pode ser concorrência de culpas, precisa apurar e pra saber o que aconteceu, se um bebeu e dirigiu e o outro estava correndo a noite de moto com faróis apagados os dois concorreram para o acidente.
  • JOIAS DAS ARÁBIAS
    24/02/2024
    Perdoe-me, mas isso não foi acidente e sim assassinato. Afinal, qualquer imbecil sabe que alcool e vontante não combinam.