LUTO

Comoção: casal de idosos e genro são sepultados em Agudos

Despedida às vítimas mobilizou o município, na manhã deste sábado

25/05/2024 | Tempo de leitura: 2 min

Arquivo Pessoal

Valdinei de Sousa, Aparecido Roberto Carrasco e Joana de Fátima Sanches Carrasco
Valdinei de Sousa, Aparecido Roberto Carrasco e Joana de Fátima Sanches Carrasco

Sob forte comoção, foram sepultados, no início da tarde deste sábado (25), o casal de idosos e o respectivo genro encontrados mortos, nesta sexta-feira (24), em Agudos (13 quilômetros de Bauru). Antes, pessoas de todas as idades se despediram de Joana de Fátima Sanches Carrasco, 70 anos, Aparecido Roberto Carrasco, 74, e Valdinei de Sousa, 57 anos, durante o velório realizado pela manhã.

Eles perderam a vida em decorrência de ferimentos causados por golpes de faca no pescoço. Conforme o JC veiculou, os três foram atingidos na residência dos idosos, situada na avenida João Pessoa, no bairro Professor Simões. Sem conseguir fazer contato com os pais e marido, a esposa e filha das vítimas, de 46 anos, seguiu até o endereço e os encontrou. A reportagem apurou que o genro costumava visitar os sogros todas as manhãs.

O caso registrado como homicídio está sob investigação da Polícia Civil. A perícia técnica esteve no imóvel e apontará a quantidade de perfurações sofridas por cada um.

De acordo com o registro policial, o corpo do aposentado estava próximo ao fogão, na cozinha, e tinha perfurações no pescoço. Já a aposentada foi encontrada caída em outro cômodo, com golpes de faca na parte de trás do pescoço. O corpo de Valdinei foi localizado em outro cômodo, também com marcas de facadas no pescoço.

A equipe do Corpo de Bombeiros retirou da casa um botijão de gás que estava pegando fogo na cozinha. Segundo o BO, três bocas do fogão estavam acesas e um pano estava incendiado sobre ele. A Polícia Científica realizou perícia no local e em um terreno que fica nos fundos do imóvel e os corpos das três vítimas foram conduzidos ao Instituto Médico Legal (IML) de Bauru para exame necroscópico.

A Polícia Civil iniciou investigações para tentar identificar o autor dos crimes e coletou imagens de câmeras de segurança na região que poderão auxiliar os trabalhos. Segundo o BO, nenhum objeto de valor ou dinheiro teria sido levado. A exceção pode ter sido o celular do aposentado, que não foi encontrado.

Fale com a Folha da Região! Tem alguma sugestão de pauta ou quer apontar uma correção? Clique aqui e fale com nossos repórteres.

Receba as notícias mais relevantes de Araçatuba e região direto no seu WhatsApp
Participe da Comunidade

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.