AUTOMOTIVO

Metalúrgicos da GM de São José terão PLR de R$ 19 mil

Acordo prevê R$ 12.000 na primeira parcela, a ser paga ainda em maio, e R$ 7 mil em janeiro de 2025. O aumento em relação ao valor total de 2023 é de 5,6%

Por Da redação | 23/05/2024 | Tempo de leitura: 1 min
São José dos Campos

Divulgação / Cristiane Cunha

Assembleia do primeiro turno na GM
Assembleia do primeiro turno na GM

Os metalúrgicos da General Motors, em São José dos Campos, terão R$ 19 mil de PLR (Participação nos Lucros e Resultados) neste ano.

Clique aqui para fazer parte da comunidade de OVALE no WhatsApp e receber notícias em primeira mão. E clique aqui para participar também do canal de OVALE no WhatsApp.

Negociada entre o Sindicato dos Metalúrgicos e a empresa, a proposta foi aprovada em assembleia do primeiro turno, nesta quinta-feira (23). Uma nova assembleia vai acontecer no segundo turno, às 14h.

Segundo o sindicato, o valor foi resultado de “mobilização dos trabalhadores e das negociações”. Na terça-feira (21), os operários rejeitaram a proposta de R$ 17.028 apresentada pela montadora e reivindicavam que o valor fosse superior aos R$ 18.008 pagos no ano passado.

O acordo aprovado em assembleia prevê R$ 12.000 na primeira parcela, a ser paga ainda em maio, e R$ 7 mil em janeiro de 2025. O aumento em relação ao valor total de 2023 é de 5,6%.

“A rejeição à primeira proposta patronal deixou claro que os trabalhadores não aceitariam propostas rebaixadas e que lutariam por uma PLR maior. Isso foi fundamental para chegarmos a essa conquista, que certamente será exemplo para toda a categoria”, disse o vice-presidente do sindicato, Valmir Mariano.

A GM possui cerca de 3.150 trabalhadores e produz os modelos S-10 e Trailblazer, além de motores e transmissão.

Fale com a Folha da Região! Tem alguma sugestão de pauta ou quer apontar uma correção? Clique aqui e fale com nossos repórteres.

Receba as notícias mais relevantes de Araçatuba e região direto no seu WhatsApp
Participe da Comunidade

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.