FORAGIDOS

Detentos do semiaberto fogem de penitenciária de Mirandópolis

No total, sete presos fugiram da penitenciária que possui cerca de tela. Polícia Militar soltou alerta e realiza buscas atrás dos foragidos

Por Priscilla Andrade | 20/05/2024 | Tempo de leitura: 1 min
da Redação

Divulgação

Lista dos detentos que escaparam do Semiaberto de Mirandópolis
Lista dos detentos que escaparam do Semiaberto de Mirandópolis

Sete presos do regime semiaberto fugiram da penitenciária de Mirandópolis, a cerca de 70 km de Araçatuba. A fuga aconteceu na tarde desse domingo, 19. A Polícia Militar emitiu um alerta e iniciou as buscas na região para tentar recapturar os detentos.

De acordo com informações policiais, os sete detentos pularam os alambrados - o presídio de Mirandópolis não é cercado por muralhas e sim por cercas com tela - e escaparam pelo acesso de uma área verde que circunda o complexo penitenciário.

A reportagem entrou em contato com a SAP (Secretaria de Administração Penitenciária) e aguarda resposta.

A Polícia Militar emitiu um alerta à população, que pode entrar em contato pelo 190 se avistar um dos homens. A reportagem também apurou que dos sete, quatro são de Andradina, um é de Itanhaém, litoral do Estado, e o outro de Presidente Venceslau.

Abaixo a lista dos nomes dos presos que escaparam:
• Abner Augusto Garcia Silova;
• Andrews Nunes Machado;
• Bruno Ferreira Mendes;
• Carlos Welton Brito Silvestre;
• Leonardo Ardenghi da Costa;
• Leonidas Fernandes da Silva; e
• Lucas Matheus Ferreira de Oliveira.

Fale com a Folha da Região! Tem alguma sugestão de pauta ou quer apontar uma correção? Clique aqui e fale com nossos repórteres.

Receba as notícias mais relevantes de Araçatuba e região direto no seu WhatsApp
Participe da Comunidade

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.