TENDÊNCIAS

Conectividade: Araçatuba promove o Fórum Regional Cidades Inteligentes

O objetivo do encontro é impulsionar o desenvolvimento de cidades inteligentes no estado de São Paulo, pautado nos pilares de inteligência, sustentabilidade e resiliência.

10/04/2024 | Tempo de leitura: 2 min

Divulgação

O vice-governador Felício Ramuth e outras autoridades estiveram presentes no Fórum
O vice-governador Felício Ramuth e outras autoridades estiveram presentes no Fórum

Nesta quarta-feira (10), Araçatuba foi palco do Fórum Regional Cidades Inteligentes, Resilientes e Sustentáveis. O evento ocorreu no auditório do Sest/Senat e contou com a presença de autoridades e especialistas no desenvolvimento de cidades modernas e eficientes.

Dentre os participantes estiveram o vice-governador de São Paulo, Felício Ramuth; o prefeito de Araçatuba, Dilador Borges; o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Relações do Trabalho e Turismo, Laerte Rocha; o CEO do ISCBA (Instituto Smart City Business América), Leopoldo Albuquerque e o vice-presidente do ISCBA, Lívio Giosa. Além dessas presenças, diversos prefeitos convidados também compartilharam suas experiências e soluções tecnológicas implementadas em seus municípios.

O objetivo central do encontro foi impulsionar o desenvolvimento de cidades inteligentes no estado de São Paulo, em parceria com o Governo Estadual, pautado nos pilares de inteligência, sustentabilidade e resiliência.
A proposta visa avançar em direção a uma sociedade economicamente mais sustentável, socialmente inclusiva e ambientalmente responsável, por meio da inovação tecnológica e criatividade, inserindo-se na era da transformação digital e com o compromisso de elevar a qualidade de vida da população.

Representantes de cidades como Dracena, Votuporanga e Presidente Prudente, entre outras, mostraram casos de melhorias no atendimento ao cidadão por parte do serviço público e até diminuição de violência por meio de monitoramento por câmeras com inteligência artificial.

O vice-governador Felício Ramuth enfatizou que "uma cidade inteligente é uma cidade que cuida de gente." Ele defendeu os investimentos em melhorias nos serviços públicos, ressaltando os avanços que o governo estadual tem promovido nesse sentido.

Por sua vez, o prefeito Dilador Borges destacou que "muitos prefeitos acreditam que é preciso um grande investimento financeiro para tornar as cidades mais conectadas, mas não é assim." Ele exemplificou com a experiência de Araçatuba, afirmando que o retorno é praticamente imediato e mencionou que o município economizou R$ 12 milhões no primeiro ano de adoção do programa Araçatuba Digital. Segundo ele, "não é um gasto, mas um investimento que traz economia, eficiência e rapidez ao serviço público, proporcionando melhorias na vida dos cidadãos."

O secretário Laerte Rocha ressaltou que "uma cidade mais inteligente e conectada contribui para a melhoria de todos os serviços, impulsionando setores como indústria, comércio e turismo."

Já o CEO do ISCBA, Leopoldo Albuquerque, reforçou o compromisso da instituição em tornar todas as cidades, independentemente do tamanho, acessíveis ao processo de se tornarem inteligentes. Ele enfatizou que "cada município tem suas demandas e pode avançar, até os menores podem fazer progressos."

Fale com a Folha da Região! Tem alguma sugestão de pauta ou quer apontar uma correção? Clique aqui e fale com nossos repórteres.

Receba as notícias mais relevantes de Araçatuba e região direto no seu WhatsApp
Participe da Comunidade

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.