IMPOSTÔMETRO

Araçatuba arrecada mais de R$ 57 milhões em impostos no primeiro trimestre de 2024

Valor representa um crescimento de quase 14% em relação ao ano anterior; entenda como esses recursos poderiam ser aplicados na cidade e na região

Por Wesley Pedrosa | 02/04/2024 | Tempo de leitura: 1 min
da Redação

Reprodução

Números no Impostômetro mostram que o Brasil já arrecadou quase 1 trilhão este ano
Números no Impostômetro mostram que o Brasil já arrecadou quase 1 trilhão este ano

Os contribuintes de Araçatuba desembolsaram mais de R$ 57 milhões em impostos ao longo do primeiro trimestre de 2024, conforme revelado pelo Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo. Essa cifra representa um aumento significativo em relação ao ano anterior, ultrapassando em mais de R$ 17 milhões o montante pago em 2023, o que equivale a um crescimento de quase 12%.

O valor total engloba pagamentos destinados aos governos federal, estadual e municipal, abrangendo uma variedade de taxas, contribuições, multas, juros e correções monetárias.

Com essa quantia, seria viável adquirir aproximadamente 151 ambulâncias ou a compra de 622 carros populares ou ainda 200 ônibus escolares. Além disso, seria possível investir na construção de 37 escolas infantis ou 56 unidades básicas de saúde (UBSs) ou creches.

No contexto nacional, a arrecadação de impostos e contribuições federais no Brasil, computada pela Receita Federal entre janeiro e março deste ano, superou a marca dos R$ 944 bilhões. O estado de São Paulo contribuiu com 38% desse valor, totalizando R$ 336 bilhões.

Outras cidades da região também registraram arrecadações expressivas, com destaque para Birigui, com R$ 33 milhões, Bilac somando R$ 21 milhões, Penápolis com R$ 14 milhões, e Coroados com R$ 8 milhões.

Fale com a Folha da Região! Tem alguma sugestão de pauta ou quer apontar uma correção? Clique aqui e fale com nossos repórteres.

Receba as notícias mais relevantes de Araçatuba e região direto no seu WhatsApp
Participe da Comunidade

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.