FATALIDADE

Jovem de 19 anos morre após cair com moto em córrego em Penápolis

Acidente aconteceu neste domingo e ela chegou a ser socorrida, mas não sobreviveu.

03/03/2024 | Tempo de leitura: 1 min

Reprodução

Isabella Cristina Martins Rebesco tinha 19 anos
Isabella Cristina Martins Rebesco tinha 19 anos

Isabella Cristina Martins Rebesco, 19 anos, morreu neste domingo (3) após cair com a moto que conduzia no canal do córrego Maria Chica, que corta a cidade de Penápolis (SP). Ela chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos.

O boletim de ocorrência comunicando o óbito foi registrado por uma irmã da vítima. Ela contou que por volta das 7h30 recebeu em casa a visita de policiais militares informando que a irmã dela havia sofrido acidente de trânsito e estaria no pronto-socorro. Ao procurar o hospital, ela soube que Isabella não havia resistido ferimentos.

Queda
Os policiais militares que apresentaram a ocorrência relataram que a jovem conduzia uma moto Honda CG 160 Start, pela via Sargento PM Luciano Arnaldo Covolan, que liga as rodovias Marechal Rondon (SP-300) e Assis Chateaubriand (SP-425).

Não se sabe por qual motivo, ao passar pela rotatória que leva ao terminal rodoviário, ela perdeu o controle e acabou caindo com a moto no canal do córrego. O resgate foi feito por equipe do Corpo de Bombeiros e área preservada para a realização de perícia antes de o veículo ser removido.

Com a morte, o corpo de Isabella seria encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) de Araçatuba para exame necroscópico antes de ser liberado para velório e enterro.

Fale com a Folha da Região! Tem alguma sugestão de pauta ou quer apontar uma correção? Clique aqui e fale com nossos repórteres.

Receba as notícias mais relevantes de Araçatuba e região direto no seu WhatsApp
Participe da Comunidade

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.