VIOLÊNCIA

Mulher vestida de noiva é encontrada morta em Castilho

O corpo de uma mulher vestida de noiva foi encontrado às margens de uma rodovia em Castilho, após denúncias

Por Priscilla Andrade | 11/12/2023 | Tempo de leitura: 1 min
da Redação

Divulgação

A vítima estava desaparecida desde o início do mês. Ao lado do corpo, foram encontrados objetos pessoais
A vítima estava desaparecida desde o início do mês. Ao lado do corpo, foram encontrados objetos pessoais

Uma mulher desaparecida desde o dia 6 foi encontrada morta enforcada às margens da BR-262, em Castilho, a 127 km de Araçatuba na tarde de sábado, 9. De acordo com a Polícia Militar, a vítima estava vestida de noiva. A identidade não foi divulgada.

Ao lado do corpo, foram encontrados um par de tênis, um capacete, uma garrafa de bebida alcoólica e um copo. A mulher foi localizada pelas polícias de São Paulo, Mato Grosso do Sul e pela Brigada de Incêndio de Castilho. O corpo estava próximo à divisa dos dois estados. Uma denúncia anônima levou as autoridades até o corpo.

A mulher vestida de noiva era natural de Três Lagoas (MS). Seu corpo estava em avançado estado de decomposição e foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Andradina.

A reportagem apurou que, a partir de uma análise visual preliminar, foram identificadas marcas de arranhões nas costas da vítima. O corpo da mulher foi liberado para a família. A polícia segue investigando o caso.

Fale com a Folha da Região! Tem alguma sugestão de pauta ou quer apontar uma correção? Clique aqui e fale com nossos repórteres.

Quer receber as notícias mais relevantes de Araçatuba e região direto no seu WhatsApp? Faça parte da comunidade Folha da Região/Sampi e fique sabendo de tudo em tempo real. É totalmente gratuito! Abra o QR Code.

Participe da Comunidade

Quer receber as notícias mais relevantes de Araçatuba e região direto no seu WhatsApp? Faça parte da comunidade Folha da Região/Sampi e fique sabendo de tudo em tempo real. É totalmente gratuito!

Participe da Comunidade

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.