ZONA SUL DE SÃO JOSÉ

Prostíbulo perto de igreja atendia até 90 clientes e atendia 24h

Por Da redação | São José dos Campos
| Tempo de leitura: 1 min
Reprodução
Operação da polícia aconteceu na quinta-feira
Operação da polícia aconteceu na quinta-feira

Uma casa de prostituição aberta 24 horas por dia, com até 90 clientes a cada 24 horas.

De acordo com a polícia, o prostíbulo fechado na zona sul de São José dos Campos tinha movimentação intensa. Localizado perto de uma igreja, na praça José Benedito Monteiro, no Jardim Portugal, o estabelecimento é alvo de crítica dos moradores.

Clique aqui para fazer parte da comunidade de OVALE no WhatsApp e receber notícias em primeira mão. E clique aqui para participar também do canal de OVALE no WhatsApp

No momento em que a polícia fez a batida no local, na quinta-feira (20), dois casais foram flagrados enquanto faziam programa.

Vídeo obtido por OVALE mostra os policiais civis do 7° DP (Distrito Policial) de São José chegando ao sobrado, entrando na residência e encaminhando mulheres investigadas para a delegacia. Moradores reclamavam do "inferninho" havia anos.

A casa de dois andares fica em uma esquina. Feita de tijolinhos, o imóvel chama à atenção. Mas quem frequenta sabe exatamente onde é e o que procura. A reportagem de OVALE esteve na tarde deste sábado (22) na praça. Aparentemente, o espaço continua recebendo clientes.

Na operação, na última quinta-feira (20), foram identificados pelo menos três clientes no interior da casa. Havia várias mulheres, que acabaram levadas para a delegacia. A dona do ponto, também foi encaminhada.

A ação só possível após uma ampla investigação dos agentes policiais, que teve participação importante da 2ª Cia da Polícia Militar. A operação levou em conta a denúncia de tráfico de drogas.

No interior da casa, além dos homens e das mulheres, a Polícia Civil encontrou camas, produtos como bebidas, cardápios com preços, chocolates, balas, preservativos e lubrificantes. Dois casais foram pegos no ato sexual.

Comentários

Comentários