PROTESTO

PROTESTO

‘João guerreiro’: manifestantes vão às ruas de Dublin pedir justiça para joseense

‘João guerreiro’: manifestantes vão às ruas de Dublin pedir justiça para joseense

Caso de João Henrique, que é filho do prefeito de São José, mobiliza milhares de brasileiros e irlandeses na capital europeia

Caso de João Henrique, que é filho do prefeito de São José, mobiliza milhares de brasileiros e irlandeses na capital europeia

Por Xandu Alves | 31/10/2023 | Tempo de leitura: 3 min
São José dos Campos

Por Xandu Alves
São José dos Campos

31/10/2023 - Tempo de leitura: 3 min

Divulgação

Manifestantes pediram justiça para caso do atropelamento de João Henrique

Com apoio de irlandeses, milhares de brasileiros saíram às ruas de Dublin, na capital da Irlanda, no final da tarde desta segunda-feira (30), para protestar pacificamente contra o atropelamento do joseense João Henrique Thomaz Ferreira, 23 anos, que é filho do prefeito de São José dos Campos, Anderson Farias (PSD).

Faça parte do canal de OVALE no WhatsApp e receba as principais notícias da região! Acesse: https://whatsapp.com/channel/0029VaDQJAL4tRs1UpjkOI1l

João Henrique trabalhava como entregador e foi atropelado por um carro da Garda, a polícia de Dublin, no sábado (28). A gravidade da colisão fez com que ele tivesse a perna amputada. O rapaz segue internado no hospital Tallaght, em estado grave.

Indignados com a postura do policial que atropelou propositalmente João Henrique, que mora na Irlanda há cinco anos, milhares de brasileiros e irlandeses protestaram nas ruas da capital contra o abuso policial.

CLIQUE AQUI e veja o vídeo da manifestação em Dublin por João Henrique

GUERREIRO

Os manifestantes levaram cartazes, faixas e bandeiras do Brasil e pediram justiça para o joseense. Além de pessoas a pé, centenas de entregadores participaram da mobilização com suas motos e scooters, transformando o ato em um ‘buzinaço’. Os manifestantes também gritaram: ‘João guerreiro’.

“Uma multidão reuniu-se no Spire, na O'Connell Street, muitos vestindo branco e muitos motoristas de entregas em ciclomotores, na tarde de segunda-feira, para a manifestação. Banners pedindo justiça para João foram segurados pelos participantes. A manifestação seguiu até a estação Pearse Street Garda”, relatou o jornal Dublin Live.

Vídeos da manifestação foram compartilhados por Sheila Thomaz, primeira-dama de São José e mãe de João Henrique. Ela chegou a Dublin no domingo (29) para acompanhar a recuperação do filho. Na segunda, ela divulgou um vídeo em que agradece, emocionada, o apoio que o filho está recebendo na Irlanda e no Brasil.

“Veja a manifestação que estão fazendo pelo meu filho”, escreveu Sheila nas postagens, acrescentando a figura de um coração.

CAMPANHA POR JUSTIÇA

Os manifestantes também entoaram “sou brasileiro, com muito orgulho e com muito amor” e lançaram a campanha #JusticeforJoao nas redes sociais.

“João poderia ter perdido a vida. Ele estava lá ajudando, não tinha nenhuma participação no roubo [da moto]. Ele foi vítima desse ataque absurdo. Policial foi fazer uma coisa sem pensar. Tem que continuar preso”, disse a brasileira Ariane Feller, que mora em Dublin, mantém uma página com notícias e foi uma das articuladoras da manifestação.

O protesto terminou em frente de uma estação da polícia irlandesa, com os manifestantes pedindo que a corporação “não se omita” na investigação sobre o atropelamento do joseense.

“Que eles deem as respostas corretas para os pais do João”, disse um dos manifestantes. “Muitos brasileiros vivem em Dublin trabalhando para servir os irlandeses, e esse tipo de coisa acontece com frequência. Mais respeito com os brasileiros”, disse outro participante.

Leia mais:

‘Agora a gente chora com um pouco mais de felicidade’, diz Anderson sobre o filho

‘Espero que a polícia de Dublin investigue o caso com transparência’, diz Anderson

VÍDEO: ‘Quero que ele saia do hospital com vida’, diz Anderson sobre filho em Dublin

Em bilhete, filho de Anderson pede para voltar a São José; jovem saiu da sedação


Com apoio de irlandeses, milhares de brasileiros saíram às ruas de Dublin, na capital da Irlanda, no final da tarde desta segunda-feira (30), para protestar pacificamente contra o atropelamento do joseense João Henrique Thomaz Ferreira, 23 anos, que é filho do prefeito de São José dos Campos, Anderson Farias (PSD).

Faça parte do canal de OVALE no WhatsApp e receba as principais notícias da região! Acesse: https://whatsapp.com/channel/0029VaDQJAL4tRs1UpjkOI1l

João Henrique trabalhava como entregador e foi atropelado por um carro da Garda, a polícia de Dublin, no sábado (28). A gravidade da colisão fez com que ele tivesse a perna amputada. O rapaz segue internado no hospital Tallaght, em estado grave.

Indignados com a postura do policial que atropelou propositalmente João Henrique, que mora na Irlanda há cinco anos, milhares de brasileiros e irlandeses protestaram nas ruas da capital contra o abuso policial.

CLIQUE AQUI e veja o vídeo da manifestação em Dublin por João Henrique

GUERREIRO

Os manifestantes levaram cartazes, faixas e bandeiras do Brasil e pediram justiça para o joseense. Além de pessoas a pé, centenas de entregadores participaram da mobilização com suas motos e scooters, transformando o ato em um ‘buzinaço’. Os manifestantes também gritaram: ‘João guerreiro’.

“Uma multidão reuniu-se no Spire, na O'Connell Street, muitos vestindo branco e muitos motoristas de entregas em ciclomotores, na tarde de segunda-feira, para a manifestação. Banners pedindo justiça para João foram segurados pelos participantes. A manifestação seguiu até a estação Pearse Street Garda”, relatou o jornal Dublin Live.

Vídeos da manifestação foram compartilhados por Sheila Thomaz, primeira-dama de São José e mãe de João Henrique. Ela chegou a Dublin no domingo (29) para acompanhar a recuperação do filho. Na segunda, ela divulgou um vídeo em que agradece, emocionada, o apoio que o filho está recebendo na Irlanda e no Brasil.

“Veja a manifestação que estão fazendo pelo meu filho”, escreveu Sheila nas postagens, acrescentando a figura de um coração.

CAMPANHA POR JUSTIÇA

Os manifestantes também entoaram “sou brasileiro, com muito orgulho e com muito amor” e lançaram a campanha #JusticeforJoao nas redes sociais.

“João poderia ter perdido a vida. Ele estava lá ajudando, não tinha nenhuma participação no roubo [da moto]. Ele foi vítima desse ataque absurdo. Policial foi fazer uma coisa sem pensar. Tem que continuar preso”, disse a brasileira Ariane Feller, que mora em Dublin, mantém uma página com notícias e foi uma das articuladoras da manifestação.

O protesto terminou em frente de uma estação da polícia irlandesa, com os manifestantes pedindo que a corporação “não se omita” na investigação sobre o atropelamento do joseense.

“Que eles deem as respostas corretas para os pais do João”, disse um dos manifestantes. “Muitos brasileiros vivem em Dublin trabalhando para servir os irlandeses, e esse tipo de coisa acontece com frequência. Mais respeito com os brasileiros”, disse outro participante.

Leia mais:

‘Agora a gente chora com um pouco mais de felicidade’, diz Anderson sobre o filho

‘Espero que a polícia de Dublin investigue o caso com transparência’, diz Anderson

VÍDEO: ‘Quero que ele saia do hospital com vida’, diz Anderson sobre filho em Dublin

Em bilhete, filho de Anderson pede para voltar a São José; jovem saiu da sedação


Faça parte do canal de OVALE no WhatsApp e receba as principais notícias da região!

Participe da Comunidade

Faça parte do canal de OVALE no WhatsApp e receba as principais notícias da região!

Participe da Comunidade

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.