BRANDSTUDIO

Novembro Azul: a saúde do homem em foco

Na Câmara, projetos de lei incentivam a conscientização e a prevenção contra o câncer de próstata

26/11/2022 | Tempo de leitura: 1 min

Cleverson Nunes/CMSJC

Câmara de São José dos Campos iluminada com a cor azul, símbolo do combate ao câncer de próstata
Câmara de São José dos Campos iluminada com a cor azul, símbolo do combate ao câncer de próstata



Todos os anos a campanha Novembro Azul reforça a importância da prevenção ao câncer de próstata, o segundo mais comum entre a população masculina no Brasil, atrás apenas do câncer de pele não melanoma. O objetivo central é provocar a mudança de comportamento dos homens, estimulando o hábito de consultar um médico e realizar exames preventivos anualmente.

Na Câmara de São José dos Campos, o movimento pela conscientização motivou a apresentação de projetos de lei relacionados ao tema. Um deles, o PL 597/21 do vereador Robertinho da Padaria (Cidadania), inclui o Novembro Azul no calendário oficial do município, garantindo a realização de campanhas anuais de orientação sobre câncer de próstata e testicular.

"Novembro Azul" teve origem em 2003 na Austrália e foi realizado no Brasil pela primeira vez em 2008.

Outro projeto de lei (PL 276/21) autoriza a prefeitura a conceder um dia de licença por ano para a realização de exame preventivo de câncer ginecológico, de mama e de próstata aos servidores públicos municipais de São José dos Campos.

Terão direito ao benefício funcionários com mais de 40 anos (homens) e com mais de 30 anos (mulheres). A proposta é do vereador Júnior da Farmácia (União).

Prevenção

O diagnóstico precoce é essencial para a cura. Na fase inicial, a doença não apresenta sintomas. Depois, com o aumento da próstata, aparecem sinais como dificuldade para urinar, enfraquecimento do jato urinário e necessidade de urinar muitas vezes.

Para prevenção e diagnóstico precoce, homens acima de 50 anos devem fazer um simples exame de sangue com a coleta de PSA (antígeno prostático específico). Havendo alteração, é necessária avaliação com médico urologista.

Números

São esperados mais de 65 mil novos casos de câncer de próstata em 2022, segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca). De 2019 a 2021, foram mais de 47 mil óbitos. Em 2022, já são 15 mil mortes.

Receba as notícias mais relevantes de Vale Do Paraíba e região direto no seu WhatsApp
Participe da Comunidade

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.