CHACINA

Facções prometem vingar crianças mortas em festa de aniversário

Os atiradores abriram fogo durante a festa, atingindo, além do alvo, o filho dele, de 9 anos, e uma sobrinha de 11 anos.

25/05/2024 | Tempo de leitura: 1 min
da Redação

Reprodução/Montagem: Brasil Notícias

Além das três pessoas mortas, outras três ficaram feridas.
Além das três pessoas mortas, outras três ficaram feridas.

A morte de duas crianças, de 9 e 11 anos, na chacina durante festa de aniversário em Ribeirão das Neves, região metropolitana de Belo Horizonte (MG), escalou a guerra do tráfico na área do bairro Morro Alto, em Vespasiano, também na Grande BH. Um homem, alvo do ataque, também morreu. Ele era membro de uma das facções criminosas envolvidas no conflito e pai do menino de 9 anos, que comemorava o aniversário na quinta-feira (23), e que também foi morto.

Leia também: Ataque em festa infantil deixa duas crianças e um homem mortos

Felipe Júnior Moreira, de 26 anos, foi assassinado num acerto de contas entre facções rivais. Os atiradores abriram fogo indiscriminadamente durante a festa, atingindo também o filho do alvo, Heitor Felipe, de 9 anos, e uma sobrinha de 11 anos. Segundo O Tempo, fontes ligadas à investigação relatam que, após a morte das crianças, líderes criminosos de diferentes bairros em Vespasiano têm se unido para buscar vingança.

Na última quinta, as comemorações começaram às 9h e se estenderam ao longo do dia. Por volta das 19h, quando os convidados iam embora, dois homens armados invadiram o local e abriram fogo. Além das três pessoas mortas, outras três ficaram feridas.

1 COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.

  • Lul
    26/05/2024
    Espero que filmem a soltem na net.