CRIMINALIDADE

Ladrão sangra até a morte após chutar janela para invadir casa

Os ferimentos foram tão graves e profundos que ele morreu em questão de minutos, segundo os investigadores.

26/02/2024 | Tempo de leitura: 1 min
da Folhapress

Reprodução/Policía de Santa Fé/Facebook

Ele tentou sair do imóvel para pedir ajuda, mas desmaiou do outro lado da rua e acabou morrendo.
Ele tentou sair do imóvel para pedir ajuda, mas desmaiou do outro lado da rua e acabou morrendo.

Um ladrão sangrou até a morte após cortar a perna gravemente ao chutar uma janela de vidro durante tentativa de invadir residência na cidade de Reconquista, na Argentina.

O assaltante, identificado como Alan Pereira, 23, tentou assaltar na madrugada de ontem um imóvel no bairro Lorenzón, na cidade de Reconquista, na divisa com Chaco.

Para entrar na casa, ele chutou uma janela de vidro e acabou ferido em várias partes do corpo, principalmente na perna. Os ferimentos foram tão graves e profundos que ele morreu em questão de minutos, segundo os investigadores.

Um relatório médico indicou que Pereira sofreu um corte profundo em uma das pernas após quebrar o vidro da janela. Ele tentou sair do imóvel para pedir ajuda, mas desmaiou do outro lado da rua e acabou morrendo.

"Ele teria quebrado o vidro de uma janela. Ele conseguiu, mas quando tentou entrar, um pedaço daquele vidro perfurou sua perna, o que causou um forte sangramento que o matou em poucos minutos", disse um dos investigadores do caso ao jornal La Nación.

Segundo os detetives responsáveis, o assaltante conseguiu chegar ao outro lado da rua, onde poucos minutos depois, devido à perda de sangue, ele acabou morrendo.

Um vizinho do imóvel avisou a polícia sobre um homem caído na rua, por volta das 17h20. O assaltante foi encontrado pelos policiais, caído perto da guia, junto à calçada, cercado por uma poça de sangue. Ele foi declarado morto no local.

2 COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.

  • fernando
    27/02/2024
    provavelmente cortou a artéria femural. é questão de uns 7 minutos pra morrer. se tivesse feito um torniquete, talvez teria tempo de ser socorrido. muito burro.
  • luis roberto romero
    26/02/2024
    Morreu cedo, tinha que ter sofrido mais.