ARMAMENTO

Explosão de munição em apartamento de coronel do Exército deixa 37 feridos em Campinas

Explosões seguidas de um incêndio num apartamento no bairro Botafogo, em Campinas, fizeram com que moradores do prédio tivessem de ser resgatados de rapel na noite deste sábado, 24

Por Marcelo Toledo | 25/02/2024 | Tempo de leitura: 2 min
da Folhapress

Divulgação/Defesa Civil

O arsenal era composto por mais de 50 armas e 3.000 munições
O arsenal era composto por mais de 50 armas e 3.000 munições

Explosões seguidas de um incêndio num apartamento no bairro Botafogo, em Campinas, fizeram com que moradores do prédio tivessem de ser resgatados de rapel na noite deste sábado (24).

O caso aconteceu no primeiro andar do edifício Fênix, na rua Hércules Florence, que ficou tomado por fumaça, o que dificultou o acesso do Corpo de Bombeiros e a saída de moradores do prédio.

Por isso, o resgate de pelo menos quatro pessoas teve de ser feito por rapel, o que ocorreu pouco depois das 20h deste sábado.

Outros 40 moradores tiveram de deixar o edifício, que foi vistoriado pela Defesa Civil de Campinas, e 37 delas foram encaminhadas à UPA (Unidade de Pronto Atendimento) São José e ao Hospital Casa de Saúde. O socorro ocorreu por terem inalado fumaça. Não houve feridos em estado grave.

Pelo menos quatro ambulâncias do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foram ao local para atender os moradores, assim como um veículo do Corpo de Bombeiros.

Segundo a polícia, as explosões ocorreram no apartamento de um coronel do Exército, que mantinha munições e armas no local. O arsenal era composto por mais de 50 armas e 3.000 munições. A suspeita é que a explosão de um dos artefatos tenha originado o incêndio.

A reportagem questionou o Exército sobre a situação desse armamento, mas ainda não houve resposta.

Três horas após o início do fogo ainda era possível ouvir explosões no local. Outros quatro apartamentos próximos sofreram danos, assim como um elevador do edifício.

O apartamento atingido pelas chamas ficou destruído. Quando os bombeiros entraram, ainda socorreram um cão que vivia no imóvel -sem ferimentos.

Os imóveis e o elevador serão analisados por peritos. Ainda não há previsão de liberação do edifício.

Em redes sociais, vizinho relataram o susto com as explosões e a movimentação de sirenes dos veículos do Corpo de Bombeiros. Em um dos vídeos, é possível ouvir o barulho de centenas de munições sendo deflagradas.

2 COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.

  • Hilda
    26/02/2024
    Como ninguém percebeu, ele entrando c tudo isso é não desconfiaram de nada? Onde tem militar REFORMADO, fiquem ligados!
  • Celo
    25/02/2024
    O fdp morreu? Agora quem mora em prédio e tiver militar, terão que exigir a assinatura de consciência de armazenamento de material irregular... que m***.