POLICIAL APOSENTADO

Homem tem surto psicótico e atira em enfermeira no Hospital do Servidor de SP

Um policial civil aposentado, supostamente em meio a um surto psicótico, atirou contra uma enfermeira durante atendimento no Hospital do Servidor Público Estadual.

24/02/2024 | Tempo de leitura: 1 min
da Folhapress

Reprodução/Google Earth

Hospital do servidor público de São Paulo
Hospital do servidor público de São Paulo

Um policial civil aposentado, supostamente em meio a um surto psicótico, atirou contra uma enfermeira durante atendimento no Hospital do Servidor Público Estadual, zona sul de São Paulo, na madruga deste sábado (24). A mulher foi atingida no pé e foi atendida no próprio local. A instituição segue em funcionamento.

De acordo com a Secretaria da Segurança, policiais militares foram acionados para atendimento de uma ocorrência envolvendo disparo de arma de fogo no hospital, que fica na rua Pedro de Toledo, em Moema.

De acordo com pasta, os funcionários do hospital informaram que um policial civil aposentado, de 70 anos, que não teve o nome divulgado, havia efetuado os disparos durante atendimento, por motivos a serem esclarecidos. Um tiro feriu a enfermeira de 49 anos.

Por meio de nota, o Iamspe (Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual de São Paulo) informou que o paciente estava internado após cirurgia e, em aparente surto psicótico, sacou uma arma de uma mochila.

"Ele foi rapidamente contido por dois enfermeiros, mas houve um disparo que feriu uma enfermeira em um dos pés. Ela foi atendida imediatamente, passa bem e foi liberada. A polícia foi acionada para investigar o caso, e o autor do disparo permanece internado", diz trecho da nota.

Os outros funcionários que estavam no local conseguiram desarmar o homem. O aposentado carregava uma pistola 380 e um revólver .38. As armas foram apreendidas e encaminhadas para perícia. O caso está sendo registrado pelo 27º DP (Campo Belo).

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.