HEROI

VÍDEO: Policial civil de folga salva bebê que se afogou em banheira em GO

Ao ouvir os gritos, Ivan para a motocicleta, joga o capacete no chão e vai em direção à família. Ele pega o bebê das mãos da mãe e começa a fazer a manobra.

11/02/2024 | Tempo de leitura: 1 min
da Folhapress

Reprodução/Polícia Civil

Câmeras de segurança mostraram momento em que os pais do bebê vão para a rua pedir socorro.
Câmeras de segurança mostraram momento em que os pais do bebê vão para a rua pedir socorro.

Um policial civil salvou um bebê de seis meses que se afogou em uma banheira enquanto tomava banho. O caso aconteceu em Uruaçu (GO).

Câmeras de segurança mostraram momento em que os pais do bebê vão para a rua pedir socorro. De folga, o policial Ivan Dias Ferreira, da 18ª Delegacia Regional de Polícia de Uruaçu, voltava da casa da mãe e passou de moto pelo local. O caso aconteceu no dia 25 de janeiro, mas só foi divulgado neste sábado (10) pela Polícia Civil.

Ao ouvir os gritos, Ivan para a motocicleta, joga o capacete no chão e vai em direção à família. Ele pega o bebê das mãos da mãe e começa a fazer a manobra para desobstruir as vias aéreas, que dura pouco menos de um minuto.

"Estava ficando com a boca roxa". A família relatou ao policial que o bebê brincava durante o banho, engoliu água e engasgou. A ideia dos pais era levá-lo ao hospital, mas Ivan acredita que o tempo não seria suficiente. "A criança estava ficando com a boquinha roxa quando a segurei nas mãos. Eu ia conversando com a criança, pedindo para ela voltar enquanto fazia o procedimento. Graças a Deus na segunda ou terceira tentativa ela voltou a respirar", disse ao jornal Opção.

O bebê passa bem. Depois das manobras do policial, ele foi para o colo do pai e enrolado em uma toalha pela mãe.

 

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.