Cultura

Fãs processam Madonna por atrasar show e atrapalhar quem precisava acordar cedo

Show aconteceu em dezembro do ano passado, em Nova York, e começaria às 20h30, mas a rainha do pop subiu ao palco depois das 22h30

19/01/2024 | Tempo de leitura: 1 min
da Folhapress

Divulgação

 Dois fãs de Madonna decidiram processar a cantora alegando que ela atrasou em duas horas o início de um show da Celebration Tour
Dois fãs de Madonna decidiram processar a cantora alegando que ela atrasou em duas horas o início de um show da Celebration Tour

 Dois fãs de Madonna decidiram processar a cantora alegando que ela atrasou em duas horas o início de um show da Celebration Tour, série de apresentações que comemora os seus 40 anos de carreira.

Eles dizem que o atraso gerou transtornos, uma vez que precisavam acordar cedo no dia seguinte.

De acordo com o jornal The Guardian, o show aconteceu em dezembro do ano passado, em Nova York, e começaria às 20h30. No entanto, a rainha do pop subiu ao palco depois das 22h30. Os fãs saíram da apresentação por volta de uma da manhã, horário em que encontraram pouca oferta de transporte público e aumento nos valores cobrados por taxistas e motoristas de aplicativo.

Na ação, eles argumentam que o atraso comprometeu sua capacidade de cumprir responsabilidades familiares no dia seguinte.

Por esse motivo, decidiram processar a cantora, a arena onde o concerto foi realizado e a Live Nation, organizadora do evento, por práticas comerciais enganosas e quebra de contrato.

Madonna é conhecida por atrasar o começo de suas apresentações. Em 2019 e 2020, ela já havia sido processada por subir tarde ao palco.

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.