CULTURA

Isabel Teixeira retira mamas após descobrir síndrome rara

A atriz afirmou que sua mãe também era portadora da síndrome, e morreu aos 56 anos, vítima de mais de um câncer

14/01/2024 | Tempo de leitura: 1 min
da Folhapress

Reprodução

 Isabel Teixeira descobriu em 2020, por meio do mapeamento genético, ter uma síndrome chamada Li-Fraumeni
Isabel Teixeira descobriu em 2020, por meio do mapeamento genético, ter uma síndrome chamada Li-Fraumeni

A descoberta de uma síndrome rara apavorou Isabel Teixeira, atriz que interpretou Maria Bruaca em "Pantanal" (2022) e a atual Helena em "Elas por Elas". A artista afirmou que retirou as mamas como uma maneira de se prevenir de um possível câncer.

"Descobri, em 2020, por meio do mapeamento genético, ter uma síndrome chamada Li-Fraumeni [causada pela alteração no gene TP53, que predispõe o desenvolvimento de tipos de câncer]", disse em entrevista ao jornal O Globo.

Isabel afirmou que sua mãe também era portadora da síndrome, e morreu aos 56 anos, vítima de mais de um câncer. "Minha vida mudou muito e para melhor. Quando recebi a notícia, tive um tremendo choque. Depois fiquei forte. Parei de fumar e de beber. Minha vontade é continuar aqui, com peito, sem peito, com ou sem silicone, mas com alegria."

Ela contou que, na adolescência, crescendo em um lar hippie, também experimentou maconha e ácido.

"Minha relação com drogas foi tranquila. Sempre tive medo de não voltar. As drogas, principalmente a maconha, não somaram, me tiravam o raciocínio. Quando fumava, viajava, mas não conseguia me manifestar. Depois, não me lembrava de nada."

Angelina Jolie também retirou os seios e os ovários por descobrir ser portadora do gene BRCA1, que aumenta as chances de desenvolver câncer.

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.