TRAIÇÃO

'Traí porque me libertei de uma prisão', diz Luana Piovani sobre Rodrigo Santoro

Luana Piovani ainda destacou que também foi traída por Rodrigo Santoro, com quem namorou por três anos, entre 1997 e 2000.

Por Ana Cora Lima | 12/01/2024 | Tempo de leitura: 1 min
da Folhapress

Reprodução/Notícias da TV - Uol

 'Traí, voltei e falei: 'Cara, eu não te quero mais', disse.
'Traí, voltei e falei: 'Cara, eu não te quero mais', disse.

Após criticar o relacionamento de Dado Dolabella e Wanessa Camargo, Luana Piovani virou alvo de vários comentários pesados nas redes sociais. Muitos internautas fizeram questão de relembrar o término do namoro da atriz com Rodrigo Santoro depois de ser flagrada no Carnaval de Salvador com o empresário Christiano Rangel. Nesta sexta-feira (12), Piovani fez um vídeo contando que não se arrepende de ter traído o galã. "Foi maravilhoso", começou.

"Todos esses homens bostas que estão aí falando: 'você está falando de quem sobre traição e você esqueceu que traiu'. Eu quero lembrar algumas coisas: primeiro que não traí, voltei e deitei na mesma cama. Traí porque me libertei de uma prisão", disse Luana.

Ela então continuou: "Traí, voltei e falei: 'Cara, eu não te quero mais'. Sou fiel aos meus princípios e traí porque meu relacionamento estava uma merda. Quando eu vi a possibilidade de liberdade, eu fui e voltei para dizer tchau", completou sem citar o nome de Santoro.

Luana Piovani ainda destacou que também foi traída por Rodrigo Santoro, com quem namorou por três anos, entre 1997 e 2000. "Mas só vieram me contar depois que eu terminei. Voltou pra minha cama, disse que me amava e foi fingindo", contou ela, que ainda lembrou ter só 23 anos quando aconteceu a infidelidade e se defendeu.

"Eu só namorava, não estava casada, não estava na capa da Caras... Estava na época de fazer coisinhas erradas e aprender. O pesadelo que estava vivendo fez com que eu tivesse que dar esse grito de independência", concluiu Luana.

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.