CULTURA

Nelson Motta deixa Globo após 15 anos e se despede: 'Estava cansado'

Cronista cultural encerrou uma coluna sobre música e comportamento exibida no Jornal da Globo nas noites de sexta-feira

Por Gabriel Vaquer | 30/12/2023 | Tempo de leitura: 1 min
da Folhapress

Reprodução/redes sociais

Nelson Motta diz ter a sensação de dever cumprido e agradeceu aos telespectadores pela companhia desde 2008
Nelson Motta diz ter a sensação de dever cumprido e agradeceu aos telespectadores pela companhia desde 2008

Após 15 anos, o jornalista Nelson Motta deixou a Globo. O cronista cultural encerrou uma coluna sobre música e comportamento exibida no Jornal da Globo nas noites de sexta-feira.

A despedida foi na última edição do Jornal da Globo de 2023 na sexta (29). Em conversa exclusiva com o F5 neste sábado (30), Motta diz ter a sensação de dever cumprido e agradeceu aos telespectadores pela companhia desde 2008.

"Meu contrato era com o Jornal da Globo e terminou. Eu já estava bem cansado", afirmou. Entre os motivos do fim da coluna no Jornal da Globo estão o endurecimento dos direitos autorais, que limitou a seis segundos o uso de uma música em matérias jornalísticas, segundo Motta.

Sua saída da Globo não será necessariamente uma aposentadoria, longe disto. "Vou fazer coisas bem bacanas em outras mídias. Me aguarde (risos)", anunciou. Entre os projetos previstos, estão uma série de palestras sobre diversos assuntos.

"Vou falar de escrita criativa, letras de música, crônicas, jornalismo cultural, romances, musicais de teatro, escrita nas relações amorosas e comerciais", disse o jornalista.

"Também sai no início do ano meu novo romance, 'Corações de Papel', pela editora Record, e o musical de teatro sobre o Tom Jobim que escrevi está em produção para estreia no segundo semestre de 2024", concluiu.

Nelson Motta estreou no Jornal da Globo em novembro de 2008, a convite de Erick Bretas, hoje o principal executivo do Globoplay e na época editor-chefe do noticiário.

Mesmo quando chegou a ser internado durante a pandemia de Covid-19, Motta se manteve no ar com colunas inéditas.

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.