SAÚDE

Estudo aponta presença de álcool em pães de forma

Por Da Redação | Proteste
| Tempo de leitura: 1 min
Divulgação
O estudo analisou dez marcas de pão de forma, incluindo Visconti, Bauducco, Wickbold e outras
O estudo analisou dez marcas de pão de forma, incluindo Visconti, Bauducco, Wickbold e outras

A Proteste, Associação Brasileira de Defesa do Consumidor, divulgou um estudo revelando altos teores alcoólicos em algumas marcas populares de pão de forma. Esse achado é preocupante para a saúde, especialmente de grávidas e bebês. Se houvesse uma legislação específica para alimentos alcoólicos, seis dos dez produtos analisados seriam considerados alcoólicos.

O estudo analisou dez marcas de pão de forma, incluindo Visconti, Bauducco, Wickbold e outras. Apenas quatro marcas apresentaram teores de etanol abaixo de 0,5%, o limite para não serem classificadas como alcoólicas. Um lote da Visconti, por exemplo, apresentou 3,37% de teor alcoólico, enquanto a Bauducco registrou 1,17%.

Como foi o estudo?
As marcas acusadas afirmaram seguir a legislação brasileira e realizar processos rigorosos de qualidade. A Proteste dividiu a análise em duas partes, examinando diversos lotes de cada marca para garantir a precisão dos resultados.

Houve variação nos teores alcoólicos entre lotes da mesma marca. Pães da Bauducco, por exemplo, variaram de 1,17% a 0,66%. A variação é atribuída ao processo de armazenamento e validade dos produtos. A Proteste considerou o maior valor registrado para cada marca ao compilar os resultados.

Comentários

Comentários