AMEAÇA COM FACÃO

Polícia procura por vítimas do 'maníaco sexual do facão'

Por Fábio Estevam | Polícia
| Tempo de leitura: 2 min
DIVULGAÇÃO
O facão usado pelo suspeito foi apreendido pela Guarda Municipal
O facão usado pelo suspeito foi apreendido pela Guarda Municipal

A Polícia Civil busca por possíveis novas vítimas do 'maníaco sexual do facão', que vem atacando mulheres, principalmente em pontos de ônibus, em Campo Limpo Paulista. Duas foram alvos do tarado recentemente, a última delas nesta sexta-feira (21), quando um suspeito de ser o autor dos crimes foi detido por populares no bairro São José, por importunação sexual e ameaça, após uma vítima ser coagida sob ameaça com um facão e pedir ajuda.

De acordo com o delegado José Roberto de Arruda Marchetti, além das duas vítimas que já o reconheceram e registraram o Boletim de Ocorrência, existe uma terceira pessoa, uma adolescente, que também teria sido atacada e é procurada para registrar o BO e fazer o reconhecimento. "Nós acreditamos que existam mais vítimas e pedimos que as mulheres que tenham sido vítimas dele, que compareçam à delegacia de polícia para fazer o reconhecimento fotográfico e registrar a ocorrência", disse o delegado.

Por se tratar de suspeito, na condição de investigado, a foto dele não pode ser publicada. Porém, trata-se de um idoso de de 67 anos, parcialmente calvo e parcialmente grisalho, de pele branca. O carro usado por ele é um Corsa Classic, cor grafite.

As duas vítimas já confirmadas foram atacadas na região do São José, e a informação preliminar é que a terceira possível vítima também seja desta região, que engloba o São José, Parque Internacional, Jardim Europa, Jardim Califórnia, Jardim Marchetti, Pau Arcado, Jardim Santa Maria e Jardim São Conrado. Porém, ainda que outras vítimas tenha sido atacadas em outras diferentes da cidade ou mesmo em municípios vizinhos, devem ir até a delegacia.

Carro usado pelo suspeito e investigado, no caso de sexta-feira

Ainda de acordo com o delegado, o idoso nega os crimes, mas confessa que ofereceu carona às vítimas. "Ele nega e disse apenas que no caso de sexta-feira ofereceu carona à mulher. De qualquer forma, os casos ocorreram em pontos de ônibus por volta das 7 horas", falou o delegado.

OS CASOS RECENTES

O primeiro caso aconteceu no dia 12 deste mês, quando o criminoso abordou uma mulher na região do São José e lhe ofereceu carona. Diante da negativa, ele então se armou do facão e a ameaçou para entrar no carro.

O segundo caso aconteceu nesta sexta-feira e a forma de atuação foi a mesma. Porém, a vítima já tinha conhecimento do caso e pediu ajuda a populares, que o detiveram. A Guarda Municipal foi acionada e o conduziu à delegacia, onde Marchetti o prendeu em flagrante por importunação sexual - a prisão foi também por ameaça, desacato e resistência à prisão.

Em nenhum dos casos as vítimas entraram no carro dele.

Possíveis vítimas que queiram entrar em contato com a Delegacia de Campo Limpo Paulista podem ligar para o telefone: 4039-1499.

Comentários

Comentários