TRAGÉDIA

Jundiaí confirma mais cinco mortes por dengue; cidade chega a 13

Por Nathália Sousa |
| Tempo de leitura: 2 min
Divulgação
O município acumula 21.971 casos de dengue neste ano
O município acumula 21.971 casos de dengue neste ano

A Prefeitura de Jundiaí informa que foram confirmadas, nesta quinta-feira (20), mais cinco mortes por dengue no município em 2024. A cidade soma 13 óbitos pela doença até o momento neste ano.

As vítimas são: uma mulher de 70 anos, com comorbidades, residente na Vila Garcia, óbito registrado no dia 8 de maio; um homem de 91 anos, com comorbidades, residente no Jardim Servilha, óbito registrado no dia 13 de maio; um homem de 89 anos, com comorbidades, residente no Jardim Pacaembu, óbito registrado no dia 15 de maio; um homem de 90 anos, com comorbidades, residente na Vila Didi, óbito registrado no dia 24 de maio; e uma mulher de 76 anos, com comorbidades, residente no Jardim Califórnia, óbito registrado no dia 25 de maio.

Duas pessoas foram retiradas da listagem de vítimas de Jundiaí, por se tratarem de residentes em outras localidades, o que deixa a cidade com 13 mortes. Outras duas mortes suspeitas foram descartadas.

Neste momento, a cidade aguarda resultado de quatro mortes suspeitas, sendo: um homem de 51 anos, com comorbidades, óbito no dia 10 de maio; uma mulher de 42 anos, com comorbidades, óbito no dia 11 de maio; um homem de 71 anos, com comorbidades, óbito no dia 20 de maio; e um homem de 63 anos, sem comorbidades, óbito no dia 21 de maio.

Assim que novos laudos forem emitidos, mantendo o princípio da transparência, havendo a confirmação de óbito por dengue, a Prefeitura fará a publicação em seus canais oficiais.

Cenário

Jundiaí segue em situação de emergência, monitorando o cenário a partir da Sala de Situação da Saúde para a adoção de medidas antecipadas. O município acumula, desde o início do ano, 21.971 casos de dengue, sendo 21.791 autóctones e 180 importados. A cidade tem ainda caso confirmado de chikungunya, doença também transmitida pelo mosquito Aedes aegypti.

A prefeitura reforça o alerta para a população contribuir com a eliminação de espaços com acúmulo de água que possam servir de criadouros para o mosquito e efetuar corretamente o descarte de lixo.

Para a população de 10 a 14 anos, está disponível a vacina contra dengue em quatro serviços de saúde:

• Clínica da Família Hortolândia (rua Campinas, 58), das 8h às 18h.

• Clínica da Família 1 – Novo Horizonte (avenida Presbítero Manoel Antônio Dias Filho, 1.540), das 8h às 19h30.

• UBS Retiro (rua Maria Lúcia de Almeida, 100), das 8h às 16h30.

• Nova UBS Agapeama (rua Luis Carpi, 238), às segundas-feiras, das 13h às 16h30; de terça a quinta-feira, das 8h30 às 11h30 e das 13h às 16h30; e, às sextas-feiras, das 8h30 às 11h30.

Comentários

Comentários