DE 10 A 14 ANOS

Jundiaí inicia vacinação contra a dengue na próxima segunda

Por Redação | Prefeitura de Jundiaí
| Tempo de leitura: 1 min
Divulgação
O esquema vacinal é de duas doses com intervalo de três meses entre elas
O esquema vacinal é de duas doses com intervalo de três meses entre elas

Jundiaí inicia na próxima segunda-feira (17) a aplicação da vacina contra a dengue em crianças e adolescentes entre 10 e 14 anos. As doses estarão disponíveis em três serviços de saúde:

  • Clínica da Família Hortolândia (rua Campinas, 58), das 8h às 18h.
  • Clínica da Família 1 – Novo Horizonte (avenida Presbítero Manoel Antônio Dias Filho, 1.540), das 8h às 19h30.
  • UBS Retiro (rua Maria Lúcia de Almeida, 100), das 8h às 16h30.

A vacinação contra a dengue visa à redução das hospitalizações e óbitos decorrentes das infecções pelos vírus da dengue no público-alvo para a imunização. Para receber a dose, as crianças e/ou adolescentes precisam estar acompanhados de um responsável, apresentar a carteirinha de vacinação e o CPF, e não ter sido diagnosticado com dengue nos últimos seis meses.

Conhecida como Qdenga, a vacina foi aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em março de 2023. O esquema vacinal é de duas doses com intervalo de três meses entre elas. Como é uma vacina de vírus vivo atenuado, está contraindicada para gestantes e imunossuprimidos.

Cenário

A cidade acumula 21.651 casos da doença, com nove óbitos. Desse total, 21.463 são autóctones. Desde o dia 1 de abril, o município está em situação de emergência para dengue, com novas estratégias de enfrentamento articuladas pelo Comitê Intersetorial de Prevenção e Combate à doença. A partir da Sala de Situação da Saúde — montada em dezembro — a situação é monitorada diariamente para a adoção de medidas antecipadas e de forma transparente.

A Prefeitura reitera a importância de a população adotar medidas preventivas, eliminando objetos que possam acumular água e servir de criadouro ao mosquito Aedes aegypti e efetuando o descarte correto do lixo. No link https://jundiai.sp.gov.br/boletimarboviroses/, a população pode acompanhar os dados sobre as arboviroses.

Comentários

Comentários