REVOLTA

REVOLTA

Mulher atropelada no sábado em Franca segue internada; motorista fugiu do local

Mulher atropelada no sábado em Franca segue internada; motorista fugiu do local

Ela estava na garupa da moto pilotada pela irmã na rodovia Candido Portinari, próximo da alça de acesso do bairro Leporace, no sábado, 20, e sofreu fratura no cóccix.

Ela estava na garupa da moto pilotada pela irmã na rodovia Candido Portinari, próximo da alça de acesso do bairro Leporace, no sábado, 20, e sofreu fratura no cóccix.

Por Hevertom Talles | 3 dias atrás | Tempo de leitura: 1 min
da Redação

Por Hevertom Talles
da Redação

3 dias atrás - Tempo de leitura: 1 min

WhatsApp/GCN

Irmãs caídas na pista da rodovia Candido Portinari após terem a moto atingida por carro no sábado, 20; motorista fugiu sem prestar socorro

A vítima de um acidente de trânsito no fim de semana em Franca ainda segue internada na Santa Casa. A mulher de 24 anos estava na garupa da moto com a irmã na rodovia Candido Portinari, próximo da alça de acesso do bairro Leporace, no sábado, 20. Por volta de 19h40, elas foram atingidas por trás por um veículo. O motorista causador do acidente não parou para prestar socorro e fugiu.

O marido da mulher comenta que ela está estável, mas sofreu uma fratura no cóccix, que deixou a situação mais delicada, já que não pode se movimentar muito. “Estava indo bem, aí um descuido de um cidadão irresponsável, ela fica assim, vai ficar afastada de suas atividades, tanto de trabalho como de casa, difícil, é complicado”, comenta o marido da mulher atropelada.

A irmã da mulher que está internada e que pilotava a motocicleta também se vitimou no acidente. Ela sofreu escoriações pelo corpo e recebeu alta no dia seguinte.

“É revoltante ver que o ser humano está cada vez mais difícil. Ele podia muito bem, se tivesse bêbado ou sem CNH, um dos dois motivos, pelo menos ter parado para prestar socorro. Acho que a raiva seria um pouco menor, por ele ter fugido, não ter prestado socorro. Sinto uma revolta muito grande”, diz o marido da mulher internada.

Ele acrescentou que a Polícia Civil acompanha o caso e que a identificação com os dados do veículo já está nas mãos da polícia.

A vítima de um acidente de trânsito no fim de semana em Franca ainda segue internada na Santa Casa. A mulher de 24 anos estava na garupa da moto com a irmã na rodovia Candido Portinari, próximo da alça de acesso do bairro Leporace, no sábado, 20. Por volta de 19h40, elas foram atingidas por trás por um veículo. O motorista causador do acidente não parou para prestar socorro e fugiu.

O marido da mulher comenta que ela está estável, mas sofreu uma fratura no cóccix, que deixou a situação mais delicada, já que não pode se movimentar muito. “Estava indo bem, aí um descuido de um cidadão irresponsável, ela fica assim, vai ficar afastada de suas atividades, tanto de trabalho como de casa, difícil, é complicado”, comenta o marido da mulher atropelada.

A irmã da mulher que está internada e que pilotava a motocicleta também se vitimou no acidente. Ela sofreu escoriações pelo corpo e recebeu alta no dia seguinte.

“É revoltante ver que o ser humano está cada vez mais difícil. Ele podia muito bem, se tivesse bêbado ou sem CNH, um dos dois motivos, pelo menos ter parado para prestar socorro. Acho que a raiva seria um pouco menor, por ele ter fugido, não ter prestado socorro. Sinto uma revolta muito grande”, diz o marido da mulher internada.

Ele acrescentou que a Polícia Civil acompanha o caso e que a identificação com os dados do veículo já está nas mãos da polícia.

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.