Um portal afiliado à rede

21 de março de 2023

OPINIÃO

OPINIÃO

Um defeito na mulher

Um defeito na mulher

Aproveitando a comemoração do Dia Internacional da Mulher, gostaria de compartilhar mensagem que recebemos a muitos anos. Leia o artigo de Toninho Menezes.

Aproveitando a comemoração do Dia Internacional da Mulher, gostaria de compartilhar mensagem que recebemos a muitos anos. Leia o artigo de Toninho Menezes.

Por Toninho Menezes | 11/03/2023 | Tempo de leitura: 2 min
Especial para o GCN

Por Toninho Menezes
Especial para o GCN

11/03/2023 - Tempo de leitura: 2 min

Reprodução/Pixabay

Aproveitando a comemoração do Dia Internacional da Mulher, gostaríamos de compartilhar mensagem que recebemos a muitos anos.

“Quando Deus fez a mulher, já estava nas horas extras de seu sexto dia de trabalho. Um anjo apareceu e lhe disse: Por que gastas tanto tempo com esta? E o Senhor respondeu: Você viu minha “folha de especificações” para ela? – Deve ter mais de duzentas partes móveis, todas arredondadas, macias e ser capaz de funcionar com uma dieta de qualquer coisa e sobras, ter um colo que possa acomodar quatro crianças ao mesmo tempo, ter um beijo que possa curar desde um joelho raspado até um coração ferido e fazer tudo isso somente com duas mãos.

O anjo se maravilhou com os requisitos. Somente duas mãos... impossível! E este é somente o modelo standard? É muito trabalho para um só dia, espere até amanhã para termina-la Senhor.

Continuarei, protestou o Senhor. Estou muto perto de terminar esta criação, que é a favorita de meu próprio coração. Ela já se cura sozinha, quando está doente e pode trabalhar dezoito horas por dia.

O anjo se aproximou mais e tocou a mulher, dizendo, porém, é tão suave Senhor! É suave, disse Deus, porém a fiz também forte. Não tens ideia do que pode aguentar ou conseguir.

Será capaz de pensar? Perguntou o anjo. Deus respondeu: Não somente capaz de pensar, mas também de raciocinar e negociar. Então, notando algo, o anjo estendeu a mão e tocou a pálpebra da mulher... Senhor, parece que este modelo tem um vazamento. Eu disse que o Senhor estava colocando muitas coisas nela. Isso não é nenhum vazamento. É uma lágrima, corrigi-o o Senhor.

Para que serve a lágrima? Perguntou o anjo. E Deus disse: As lágrimas são sua maneira de expressar sua sorte, suas penas, seus desencantos, seu amor, sua solidão, seu sofrimento e seu orgulho.

Isso impressionou o anjo, és um gênio Senhor. Pensaste em tudo. A mulher é verdadeiramente maravilhosa, exclamou o anjo. Respondendo Deus afirmou: Sim, ela é!

A mulher tem forças que maravilham os homens. Aguentam dificuldades, carregam grandes cargas físicas e emocionais, porém, tem amor e sorte. Sorriem quando querem gritar. Cantam quando querem chorar. Choram quando estão felizes e riem quando estão nervosas. Lutam pelo que acreditam. Enfrentam a injustiça. Não aceitam “não” como resposta, quando elas acreditam que haja uma solução melhor. Se privam, para que sua família possa ter algo. Vão ao médico com uma amiga que tem medo de ir. Amam incondicionalmente. Choram quando seus filhos triunfam e se alegram quando suas amizades conseguem vencer. São felizes quando ouvem falar de um nascimento ou casamento. Seu coração se despedaça quando morre uma amiga. Sofrem com a perda de um ser querido, mas são ainda mais fortes quando pensam que já não há mais forças. Sabem quando um beijo e um abraço podem ajudar a curar um coração ferido.

Porém, há um defeito incorrigível na mulher: é que ela se esquece o quanto vale!”

Toninho Menezes é mestre em direito público, advogado e professor universitário.

Aproveitando a comemoração do Dia Internacional da Mulher, gostaríamos de compartilhar mensagem que recebemos a muitos anos.

“Quando Deus fez a mulher, já estava nas horas extras de seu sexto dia de trabalho. Um anjo apareceu e lhe disse: Por que gastas tanto tempo com esta? E o Senhor respondeu: Você viu minha “folha de especificações” para ela? – Deve ter mais de duzentas partes móveis, todas arredondadas, macias e ser capaz de funcionar com uma dieta de qualquer coisa e sobras, ter um colo que possa acomodar quatro crianças ao mesmo tempo, ter um beijo que possa curar desde um joelho raspado até um coração ferido e fazer tudo isso somente com duas mãos.

O anjo se maravilhou com os requisitos. Somente duas mãos... impossível! E este é somente o modelo standard? É muito trabalho para um só dia, espere até amanhã para termina-la Senhor.

Continuarei, protestou o Senhor. Estou muto perto de terminar esta criação, que é a favorita de meu próprio coração. Ela já se cura sozinha, quando está doente e pode trabalhar dezoito horas por dia.

O anjo se aproximou mais e tocou a mulher, dizendo, porém, é tão suave Senhor! É suave, disse Deus, porém a fiz também forte. Não tens ideia do que pode aguentar ou conseguir.

Será capaz de pensar? Perguntou o anjo. Deus respondeu: Não somente capaz de pensar, mas também de raciocinar e negociar. Então, notando algo, o anjo estendeu a mão e tocou a pálpebra da mulher... Senhor, parece que este modelo tem um vazamento. Eu disse que o Senhor estava colocando muitas coisas nela. Isso não é nenhum vazamento. É uma lágrima, corrigi-o o Senhor.

Para que serve a lágrima? Perguntou o anjo. E Deus disse: As lágrimas são sua maneira de expressar sua sorte, suas penas, seus desencantos, seu amor, sua solidão, seu sofrimento e seu orgulho.

Isso impressionou o anjo, és um gênio Senhor. Pensaste em tudo. A mulher é verdadeiramente maravilhosa, exclamou o anjo. Respondendo Deus afirmou: Sim, ela é!

A mulher tem forças que maravilham os homens. Aguentam dificuldades, carregam grandes cargas físicas e emocionais, porém, tem amor e sorte. Sorriem quando querem gritar. Cantam quando querem chorar. Choram quando estão felizes e riem quando estão nervosas. Lutam pelo que acreditam. Enfrentam a injustiça. Não aceitam “não” como resposta, quando elas acreditam que haja uma solução melhor. Se privam, para que sua família possa ter algo. Vão ao médico com uma amiga que tem medo de ir. Amam incondicionalmente. Choram quando seus filhos triunfam e se alegram quando suas amizades conseguem vencer. São felizes quando ouvem falar de um nascimento ou casamento. Seu coração se despedaça quando morre uma amiga. Sofrem com a perda de um ser querido, mas são ainda mais fortes quando pensam que já não há mais forças. Sabem quando um beijo e um abraço podem ajudar a curar um coração ferido.

Porém, há um defeito incorrigível na mulher: é que ela se esquece o quanto vale!”

Toninho Menezes é mestre em direito público, advogado e professor universitário.

2 COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

  • Darsio
    12/03/2023
    E pensar que, segundo o pensamento conservador, o papel da mulher é se casar, ter filhos e de modo submisso, cuidar da família. Assim deixou claro aquele babaca, o tal deputado Nikolas. Felizmente, cada vez mais as mulheres não pensam e muito menos se comportam como esse deputado criminoso defende. Segundo o IBGE, a taxa de fecundidade tem diminuído principalmente pelo aumento dos anos de escolaridade por parte das mulheres. Quanto mais elas estudam, novas janelas e oportunidades se abrem em suas vidas e, ser mãe deixa de ser prioridade. Que as mulheres invistam cada vez mais na formação e que ocupem grande parte do espaço do homem, pois este já deu provas de que não possui a mínima competência e honestidade, como acontece na política.
  • Darsio
    5 dias atrás
    Ei professor! Tá sabendo da nova? Mais um assalto aos cofres públicos praticado pelo seu GENOCIDA. Agora, estamos falando na incineração de milhões de vacinas e medicamentos de alto custo, totalizando mais de 2 bilhões de dólares. As pessoas morrendo, o GENOCIDA E FAMÍLIA se enriquecendo com cartão corporativo, joias e...