CRIME

Homem morre após ser baleado em clubinho de Birigui

Por Wesley Pedrosa | Da Redação
| Tempo de leitura: 1 min
Redes socias
Johnny Martins Jalles de Souza, 34 anos
Johnny Martins Jalles de Souza, 34 anos

Johnny Martins Jalles De Souza, 34 anos, morreu na noite desse domingo, 23, na Santa Casa de Birigui. Ele havia sido baleado na noite de sábado, 22, e não resistiu aos ferimentos. O crime aconteceu em um clube no bairro Paraíso, em Birigui.

Uma equipe da Polícia Civil esteve no local, na rua Maria Josefa Almendro Alves. Ao chegarem, encontraram a área preservada pela Polícia Militar, mas a vítima já havia sido socorrida por uma equipe de resgate do Corpo de Bombeiros.

Uma testemunha disse à polícia que o agressor chegou ao local aparentemente sob efeito de drogas. Ele teria abraçado uma pessoa e, quando a vítima se aproximou para pedir que fossem embora, o agressor sacou uma pistola e efetuou os disparos sem dizer nada. Após os tiros, todos presentes no local correram.

Na área externa, foram encontrados três estojos de munição calibre 380. A vítima foi atingida ainda na área de lazer, correu por alguns metros ao longo do imóvel, atravessou uma área gramada e caiu na rua lateral, onde foi socorrida.

Os investigadores conversaram com o proprietário do imóvel, que informou ter alugado o local para um aniversário na sexta e no sábado, e que não estava presente no momento do crime. Johnny foi transferido para a Santa Casa de Birigui, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O corpo seria encaminhado para exame necroscópico, antes de ser liberado para velório e enterro.

Ainda não há informações sobre como o agressor chegou ou fugiu do local após o crime, já que todos os presentes saíram correndo após os disparos. O caso segue sendo investigado.

Fale com o Folha da Região!
Tem alguma sugestão de pauta ou quer apontar uma correção?
Clique aqui e fale com nossos repórteres.

Comentários

Comentários